PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

segunda-feira, 17 de junho de 2019

ACHADOS E PERDIDOS EM PETROLÂNDIA - PE: O 'Documento e DPVAT' de uma D-20 PRETO, placa BHP 7885, encontra-se na Delegacia de Polícia do município,



Foi encontrado um Documento de Veículo junto com o DPVAT.
Veículo D-2O, preto, placa BHP 7885, que está em nome de Adriano Gomes da Silva. O mesmo foi entregue na DP de Petrolândia- PE. 
O documento encontra-se  na recepção da Delegacia de Polícia, na  Rua Guilherme Alexandre de Souza, quadra 12. E está a disposição do proprietário.

Fonte: Delegacia de Polícia de Petrolândia - PE  


CLICK NA IMAGEM E CONHEÇA UM POUCO MAIS DO PONTO DO BEM 

Documentos Perdidos em Petrolândia - PE: Foi perdida uma carteira que pertence a Brendaw Augusto de Souza Santos,


Uma Carteira perdida, contendo Documentos e Cartões de Banco. Pertence a Brendaw Augusto de Souza Santos. Ele pede encarecidamente a quem encontrou ou encontrar, entrar em contato (87) 99613-8465,  o mesmo é filho de Gilmara artesã. 

A carteira foi perdida no local da festa do III Arraiá dos Amigos (Projeto Apolônio Sales) onde o mesmo, estava trabalhando em uma barraca de lanches.




'TEMOS UM ARQUIVO COLOSSAL' DA LAVA JATO, DIZ EDITOR DO INTERCEPT



O editor-executivo do Intercept, Leandro Demori, da equipe liderada por Glenn Greenwald, afirma que os arquivos obtidos pelo site contêm "centenas e centenas de áudios, mensagens e vídeos", que constituem "um arquivo colossal". Demori diz que não há dúvida em relação à autenticidade dos arquivos que causaram a liquidação da reputação de Sérgio Moro e Deltan Dallagnon e devem enterrar a Operação Lava Jato. As informações são de uma entrevista ao jornal cearense O Povo, que você pode ler a seguir:

Há uma quase ansiedade em relação aos próximos capítulos da série Vaza Jato, do "The Intercept Brasil. Qual é a real dimensão do conteúdo que vocês têm em mãos?

O POVO- A gente não esta falando sobre o tamanho do arquivo. Não posso responder isso. O que posso dizer é que é um arquivo muito grande, um arquivo colossal, e que foram centenas e centenas de diálogos de grupos e de situações. Estamos falando ai de anos, praticamente a maior parte dos anos da Operação Lava Jato. E realmente muito grande, já fizemos um sobrevoo até agora, lá conseguimos mergulhar um pouco mais, mas é um trabalho de longo prazo. E uma maratona, não é uma corrida de 100 metros.

Há prognóstico de novos conteúdos ainda nesta semana?

Intercept não está falando nem quais são as próximas matérias nem quais são as próximas pessoas diretamente envolvidas, não está divulgando prazos ou datas. Não fizemos isso. Não estamos fazendo isso para evitar especulações, porque é um assunto delicado que trata de interesses públicos e que mexe com muita coisa. O que fizemos nesta semana foi publicar os contextos dos fatos de uma das reportagens, que era aquela reportagem que mostrava os diálogos do ex-juiz Sergio Moro e do procurador Deltan Dallagnol.

Adotou-se uma postura, comum ao Intercept, que foi publicar na integra os diálogos com o contexto. Isso vai ser seguido nas próximas reportagens? Vão sempre publicar a integra dos conteúdos?

A gente vai publicar sempre tudo que for possível, mantendo a intimidade e a privacidade das pessoas, e mantendo também algumas histórias que eventualmente estejamos apurando. Essa é a estratégia.

Até agora, uma parte dos veículos de imprensa deu mais importância à origem das mensagens e ao modo pelo qual elas foram obtidas do que propriamente ao conteúdo. Como avalia isso do ponto de vista jornalistico?

Cerca de 70 mil cobras se reúnem em cidade canadense para copular; e humanos viajam para assistir


Por @çailândiama, 16 de junho de 2019
Blog SNP, 17 de junho de 2019


NARCISSE, Manitoba – Com a chegada da primavera, Tóquio tem flores de cerejeira, a Holanda tem campos de tulipas e Paris parece mais colorida. E na província canadense de Manitoba, a cidade de Narcisse também tem uma atração notavelmente distinta nessa estação: turistas se reúnem na cidade para ver as dezenas de milhares de serpentes amorosas, que se contorcem em poços para copular.

Em um lugar notoriamente frio mesmo para o Canadá, esta é a casa de inverno perfeita para cobras. O ritual anual de cobras consegue atrair milhares de pessoas – tanto os criadores de cobras como os amantes das mesmas. A área em torno de Narcisse é atraente para as cobras pelas mesmas razões que levaram os fazendeiros a abandonarem-na, décadas atrás: seu solo fino fica sobre uma camada de calcário que a água gradualmente erodiu, criando uma rede de pequenas cavernas no subsolo.

A data erupção das cobras a cada primavera e os 10 dias em que elas são celebradas são dependentes do clima e difíceis de prever. Nuvens, temperaturas amenas e chuvas podem mantê-las no subsolo.

Em muitos anos, essas condições escorregam a tempo de tornar o passeio popular no Dia das Mães. Nesta primavera fria, as serpentes surgiram no final de maio.

– É provavelmente a maior concentração de cobras no mundo – afirma Robert Mason, professor de biologia na Universidade do Estado de Oregon, que visita Narcisse toda primavera desde 1982. – É incrível quantas pessoas querem ver essas cobras. São embaixadores perfeitos para o mundo dos répteis.

Para além do festival das serpentes, Narcisse é uma cidade quase fantasma. Suas características mais proeminentes são um posto de gasolina há muito abandonado perto da ruína de uma casa.

Cientistas, incluindo Mason, freqüentemente fazem suas pesquisas em pequenas áreas de cobras em terras privadas. Mas o serviço de vida selvagem de Manitoba estabeleceu um parque de “antros de cobras” – não de “poços de serpentes”, como a população prefere chamar – que são o lar de inverno de cerca de 70.000 das criaturas.

As cobras são inofensivas para seres humanos. Elas até podem morder, mas o efeito é mais como uma topada do que um rasgo na carne.

O parque, ao norte de Narcisse, é bastante inofensivo. Há os tradicionais bancos e mesas para piquenique, caminhos de cascalho que serpenteiam através de uma floresta de álamos e um prado.

Os pontos quentes são quatro poços espalhados pelo terreno. Em alguns dias durante a erupção deste ano, o poço número 2 foi o mais quente de todos. Do tamanho de uma grande sala de jantar, com uma profundidade em torno de 15 metros, a toca inicialmente parece ser coberto com algum tipo de vegetação bem verde. À medida que você se aproxima, torna-se imediatamente que a cor vem das inúmeras cobras, a maioria com o diâmetro de um dedão e o maior delas com cerca de 45 centímetros de comprimento.

'1º SUPER FEIRÃO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÕES' DA PAULINELLY CONSTRUÇÕES EM PETROLÂNDIA - PE, será do dia 17 a 22 de junho, venha conferir!



A Paulinelly Construções realiza essa semana seu 1º SUPER FEIRÃO de Material de Construção em Petrolândia, no sertão de Pernambuco. Com promoções e desconto de verdade.
Será do dia 17 a 22 de junho de 2019, e avisa a amigos e clientes que essa semana não fechará para almoço.
AVENIDA MARQUÊS DE OLINDA, Nº 133, centro de Petrolândia 

CONFIRA: 

















ACIDENTE EM PETROLÂNDIA - PE : Uma acidente envolve motocicleta e caminhonete em cruzamento da BR-316, deixou duas vítimas gravemente feridas [Fotos e Vídeo]


Um acidente de trânsito ocorreu no início da noite desse domingo (16/06), por volta das 18h30min, em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco. A colisão lateral, no cruzamento da Av. Marquês de Olinda e BR-316 (próximo da Reta do Mirim), envolveu uma motocicleta e uma caminhonete.

Uma equipe do Posto Avançado do Corpo de Bombeiros foi acionado para atuar nos primeiros socorros das vítimas, onde a equipe prestou atendimento pré-hospitalar às duas vítimas envolvidas no acidente. 

As vítimas socorridas foram: O condutor da motocicleta identificado por Bruno José da Silva de 20 anos, onde o mesmo apresentava um ferimento na parte frontal da face e escoriações pelo corpo, já a garupa da moto uma mulher identificada por Maria Cicera da Silva de 36 anos,  apresentava uma suspeita de fratura no membro superior direito. 

Após a estabilização por parte da equipe dos bombeiros, as vítimas foram encaminhadas conscientes e orientadas ao Hospital Municipal Dr. Francisco Simões de Lima (HOMUPE), onde permaneceram para atendimento médico, sendo transferidos para outras unidades hospitalares do estado, devido a gravidade dos ferimentos .

Já o motorista da caminhonete não se feriu. A Polícia Militar esteve no local e registrou a ocorrência.

VÍDEO




Do Petrolândia Notícias, 16 de junho de 2019
Por Redação/Fotos e Vídeo: WhatsApp|Informações: 
Informações: Comunicação Corpo de Bombeiros de PE.
Blog SNP, 17 de junho de 2019




domingo, 16 de junho de 2019

“Não houve julgamento no caso Lula, e sim um acordo de condenação”, diz juiz

Um juiz que fez uma ligação telefônica que não era de sua competência interceptar, que tinha determinado a prisão do réu mesmo estando de férias e contrariando ordem de um desembargador

Do DCM
16 de junho de 2019

Reprodução

PUBLICADO NO FACEBOOK DO JUIZ LUÍS CARLOS VALOIS

Eu sou juiz, portanto obviamente não estou feliz com tudo que vem acontecendo.

Não por corporativismo ou coisa parecida, mas mais pela mácula que a justiça como ideal acaba ganhando com essas coisas reveladas. Contudo, não posso negar que algo de satisfação há nisso tudo.

Durante muito tempo fui acusado de defender PT, de ser petista ou petralha, quando a única coisa que fiz foi defender que não havia provas para a condenação de uma pessoa, que o processo não estava sendo conduzido com justiça e que a sua prisão era inconstitucional.

Eu não podia ficar calado com tudo isso, como não fico calado com as injustiças diárias que vejo, sobre as quais escrevo e falo.

Havia um juiz que tinha vazado propositadamente e confessadamente uma ligação telefônica que não era de sua competência interceptar, que tinha determinado a prisão do réu mesmo estando de férias e contrariando ordem de um desembargador, que se apresentava como herói e pedia apoio público para a condenação e isso já era suficiente para desconfiar que uma pessoa estava sendo condenada injustamente, mesmo sem considerar que a prova de sua condenação era ter visitado um apartamento que não era seu.

Agora, vem a tona que o mesmo juiz auxiliava a acusação, que tinha objetivos escusos quando vazou a interceptação que não era de sua competência, pedia para trocar procuradora que não ia bem nas perguntas, indicava testemunha para a condenação que ele mesmo ia prolatar, orientava sobre recursos etc…

Não, não houve um julgamento, houve um acordo de condenação, e eu não estava errado, eu não sou PT, mas Lula devia estar solto até em nome da Justiça. In free Lula we trust!

LUÍS CARLOS VALOIS







ESCOLINHA DE FUTSAL 'GOL DE PLACA', Petrolândia - PE, comemora 9 anos de história,


Entre altos e baixos; entre acertos e erros; e entre idas e vindas. Eh, Estamos Aqui. 

Não Foi fácil chegar até o dia de hoje. Motivos pra desistir? Tive de montão, mas estamos aqui, forte e de pé.  

Costumo sempre dizer: "Que não somos apenas uma ESCOLINHA,  e nem ao menos apenas um TIME de Futsal: "SOMOS UMA FAMÍLIA!" Família essa que a cada ano que passa vem crescendo. 

Assim te peço Senhor que me dê FORÇAS, CORAGEM e SABEDORIA para trilhar os caminhos daqueles que chamo de FILHOS. 

Parabéns Meus Guerreiros, e que venha mais e mais anos juntos. "Nós somos um Gooooollllll de Palca!!!"


Junior Bam Bam
Idealizador e fundador da Escolinha de Futsal  


Texto/arte: Junior Bam Bam
16 de junho de 2019 




Joaquim Levy pede demissão após críticas de Bolsonaro

Presidente ameaçou demiti-lo até 2ª
Exigiu dispensa de diretor do BNDES
Executivo do BNDES também renunciou

Poder 360
16 de junho de 2019

Joaquim Levy foi ministro da Fazenda no governo Dilma Rousseff e assumiu o
BNDES no início da gestão bolsonarista, Foto: Sérgio Lima/Poder360 - 6.jan.2019

O presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Joaquim Levy, entregou pedido de demissão a Paulo Guedes neste domingo (16/06). “Solicitei ao ministro da Economia, Paulo Guedes, meu desligamento do BNDES. Minha expectativa é que ele aceda”, escreveu.

A informação é do jornal O Globo. Leia a íntegra da nota.






Petrolândia - PE: Nota de Falecimento da Senhora Antônia Rosa da Silva (Toinha de Joel do Pandeiro)



Faleceu na cidade do Recife, às 19h, deste sábado (15/06/2019) a senhora Antônia Rosa da Silva, mas conhecida como "Toinha de Joel do Pandeiro". 

Seu corpo está previsto para chegar em Petrolândia - PE, às 13h. E será velado no SAF, localizado em frente a Delgado Construções. na Avenida Manoel Borba, centro.
O sepultamento será às 17h, no cemitério municipal São Francisco de Assis.
A família enlutada convida a todos para participarem deste ato de fé e solidariedade humana.

Informações/foto: Mauro de Joel (filho da senhora Antônio)

Amanhecer com Poesia - 'Gratidão', poetisa petrolandense Emannuella Lima

Poesia curta para reflexão 

GRATIDÃO


"Os cães, ao contrário dos 'homens', tem um grande e bom coração
Para aqueles que lhe pegam nas ruas, e lhe dão um pedaço de pão
Eles não pagam com  uma mordida, como  prova de gratidão
Antes dão uma quente lambida naquela generosa mão"

Emannuella Lima
Blog SNP16 de junho de 2019
Foto: Arquivo da poetisa

Meu Cordel, é Nosso! - 'São Crianças os Meus Versos', poeta petrolandense Alexandre Sertão


São Crianças os Meus Versos
Foto: Alexandre Sertão

O meu cordel eu vou levando
Pelo o meu sertão a fora
Eu lhe digo nessa hora
Que ele sai por ai cantando
Encantando o universo
São crianças os meus versos
E nesse chão vivem brincando.

Brincam de improviso
Em uma linha bem seguida
Vão brincando com a vida
E por ai fazendo amigo
Vão aumentando a dança
Em uma roda de ciranda
Nesse mesmo passo eu sigo.

Meus versos são meninos
Que seguem sorrindo a toa
Levando tudo numa boa
E seguindo o seu destino
Que é levar alegria
Através de poesia
Pra esse povo nordestino.

Alexandre Sertão
Publicação, 16 de junho de 2019



PROJETO: Lançamento News: 'MEU CORDEL, É NOSSO': 'Barreiras Terra Querida'- poeta Petrolandense Tony Xavier

Marcação de Consultas e Exames na Secretaria Municipal de Saúde- Petrolândia - PE, 17 à 21 de Junho de 2019






PETROLÂNDIA - PE > 1º Seminário de Políticas Públicas Sobre Droga, com o tema: 'Conhecer para Prevenir' acontecerá dia 28/06 na câmara de vereadores, a partir da 14h



sábado, 15 de junho de 2019

Bolsonaro já busca descolar de Moro: Confiança 100% só em pai e mãe

Comentando sobre a demissão do ex-ministro, general Santos Cruz, da Secretaria de Governo, Bolsonaro fez questão de dizer que "todo mundo pode ser demitido"

Por Fórum
15 de junho de 2019

Bolsonaro e Sergio Moro (Divulgação/MJSP)

Em rápida entrevista no Palácio do Planalto, em Brasília, neste sábado (15/06), Jair Bolsonaro (PSL) deu mostras que o ministro da Justiça, Sergio Moro, não tem todo seu apoio, diante do lamaçal em que se meteu com as conversas divulgadas pelo site The Intercept.
“Eu não sei das particularidades da vida do Moro. Eu não frequento a casa dele. Ele não frequenta a minha casa por questão até de local onde moram nossas famílias. Mas, mesmo assim, meu pai dizia para mim: Confie 100% só em mim e minha mãe”, disse Bolsonaro.
Comentando sobre a demissão do ex-ministro, general Santos Cruz, da Secretaria de Governo, Bolsonaro fez questão de dizer que ninguém é inabalável no cargo.
“Todo mundo pode ser [demitido]. Muita gente se surpreendeu com a saída do general Santos Cruz. Isso pode acontecer. Muitas vezes, a separação de um casal você se surpreende: ‘Mas viviam tão bem!’. Mas a gente nunca sabe qual a razão daquilo. E é bom não saber. Que cada um seja feliz da sua maneira”.
Crimes

Sobre os possíveis crimes cometidos por Moro, ao orientar os investigadores da Lava Jato no processo contra o ex-presidente Lula, o presidente desconversou, dizendo que o ex-juiz foi responsável “por buscar uma inflexão na questão da corrupção”.
“Tem um crime de invadir o celular do caboclo lá [Deltan]. E outra, tem programa que eu tive acesso de você forjar conversa e ponto final. O que interessa? O Moro foi responsável, não por botar um ponto final, mas por buscar uma inflexão na questão da corrupção”, disse o presidente.
“E mais importante: [Moro] livrou o Brasil de mergulhar em uma situação semelhante a da Venezuela. Onde estaria em jogo não o nosso patrimônio, mas a nossa liberdade”, completou.


Saiba quem é Glenn Greenwald, o jornalista que revelou o escândalo da #VazaJato

Um dos três fundadores do The Intercept, Greenwald já atuou no The Guardian e colaborou com a reportagem que venceu o Prêmio Pullitzer em 2014, sobre os escândalos da Agência de Segurança Nacional – EUA vazados por Eduard Snowden

Por Fórum
15 de junho de 2019

Reprodução

Vencedor de diversos prêmios, entre eles o Pullitzer, por reportagens sobre o vazamento da NSA por parte de Edward Snowden, o jornalista estadunidense Gleen Greenwald é um dos pivôs da Vaza Jato. Editor fundador do The Intercept Brasil, ele considera que o material que chegou ao veículo é “um dos maiores da história do jornalismo”.

Um dos três fundadores do The Intercept, Greenwald já atuou no The Guardian e colaborou com a reportagem do veículo que venceu o Prêmio Pullitzer em 2014, sobre os escândalos da Agência de Segurança Nacional – EUA vazados por Snowden. Essa foi a primeira vitória do tradicional Guardian no prêmio que considerado um dos mais importantes do mundo e projetou Greenwald no cenário internacional. Pela mesma reportagem, Greenwald foi o primeiro estrangeiro a vencer o Prêmio Esso de Excelência em Reportagens Investigativas no Brasil.

Após a divulgação da NSA, foi um dos fundadores do The Intercept, que possui uma edição internacional e uma edição brasileira, que chegou junto do julgamento do impeachment de Dilma Rousseff. Greenwald se divide entre os Estados Unidos e o Brasil, onde é casado com o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ). Além de jornalista, é advogado constitucionalista e autor de quatro livros entre os mais vendidos do New York Times na seção de política e direito

Para Greenwald, o Vaza Jato abala as estruturas do judiciário brasileiro. “O arquivo fornecido pela nossa fonte sobre o Brasil é um dos maiores da história do jornalismo. Ele contém segredos explosivos em chats, áudios, vídeos, fotos e documentos sobre Deltan Dallagnol e Sérgio Moro e muitas facções poderosas. Nossas reportagens acabaram de começar”, publicou em seu Twitter.



INTERCEPT INDICA QUE PRÓXIMA BOMBA DA VAZA JATO SERÁ CONTRA A GLOBO



A newsletter deste sábado do site Intercept, do jornalista Glenn Greenwald, sugere que a próxima bomba da Vaza Jato deve atingir a Globo, que vem tentando proteger o ex-juiz Sergio Moro e os procuradores da força-tarefa de Deltan Dallagnol, que forjaram a acusação contra o ex-presidente Lula e ajudaram a promover um golpe de estado em 2016 e a ascensão da extrema-direita em 2018. "Por enquanto nós vamos chamar só de mau jornalismo, mas talvez muito em breve tudo seja esclarecido. Nós já vimos o futuro, e as respostas estão lá", aponta o texto. Confira, abaixo, um trecho:

A imprensa séria virou contra Sergio Moro e Deltan Dallagnol em uma semana graças às revelações do TIB. O Estadão, mesmo que ainda fortemente aliado de Curitiba, pediu a renúncia de Moro e o afastamento dos procuradores. A Veja escreveu um editorial contundente ("Moro ultrapassou de forma inequívoca a linha da decência e da legalidade no papel de magistrado.") e publicou uma capa demolidora. A Folha está fazendo um trabalho importante com os diálogos, publicando reportagens de contexto absolutamente necessárias.

Durante cinco anos, a Lava Jato usou vazamentos e relacionamentos com jornalistas como uma estratégia de pressão na opinião pública. Funcionou, e a operação passou incólume, sofrendo poucas críticas enquanto abastecia a mídia com manchetes diárias. Teve pista livre para cometer ilegalidades em nome do combate a ilegalidades. Agora, a maior parte da imprensa está pondo em dúvida os procuradores e o superministro.

Mas existe uma força disposta a mudar essa narrativa. A grande preocupação dos envolvidos agora, com ajuda da Rede Globo – já que não podem negar seus malfeitos – é com o "hacker". E também nunca vimos tantos jornalistas interessados mais em descobrir a fonte de uma informação do que com a informação em si. Nós jamais falamos em hacker. Nós não falamos sobre nossa fonte. Nunca.

Já imaginou se toda a imprensa entrasse numa cruzada para tentar descobrir as fontes das reportagens de todo mundo? A quem serve esse desvio de rota? Por enquanto nós vamos chamar só de mau jornalismo, mas talvez muito em breve tudo seja esclarecido. Nós já vimos o futuro, e as respostas estão lá.

A ideia é tentar nos colar a algum tipo de crime – que não cometemos e que a Constituição do país nos protege. Moro disse que somos "aliados de criminosos", em um ato de desespero. Isso não tem qualquer potencial para nos intimidar. Estamos apenas no começo.

Por 247
15 de junho de 2019




Justiça de Minas absolve Adélio Bispo por facada em Bolsonaro

Decisão do magistrado de Juiz de Fora leva em consideração os laudos médicos apresentados sobre a sanidade mental do autor da agressão

Por Metrópoles 
15 de junho de 2019

Reprodução

A Justiça de Juiz de Fora, em Minas Gerais, decidiu nesta sexta-feira (14/06/2019) absolver Adélio Bispo, autor do atentado a facadas contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). O ataque aconteceu quando o militar da reserva fazia campanha presidencial. A informação é da revista Crusoé.

A decisão, determinada pelo juiz federal Bruno Savino, tem como base o fato de o agressor ter sido considerado inimputável após laudos médicos. Mesmo com a sentença positiva, Adélio deve permanecer internado por tempo indeterminado. Ele será submetido a uma perícia médica em 2022, daqui a três anos.

“Sendo a inimputabilidade excludente da culpabilidade, a conduta do réu, embora típica e antijurídica, não pode ser punida por não ser juridicamente reprovável, já que o réu é acometido de doença mental que lhe suprimiu a capacidade de compreender o caráter ilícito do fato e de se determinar de acordo com este conhecimento”, escreveu o magistrado.

Segundo os laudos, o agressor tem a doença chamada transtorno delirante permanente paranoide. A análise afirma ainda que, em entrevistas com psicólogos e psiquiatras, o agressor disse que não cumpriu a missão dele e, ao sair da cadeia, vai matar o presidente.

A sentença foi proferida pelo magistrado a partir de uma ação para comprovação de insanidade mental protocolada pela defesa do acusado. Os advogados de Bolsonaro não recorreram da análise que declarou a imputabilidade de Adélio.



Na opinião do presidente da República, Joaquim Levy não tem sido 'leal' a ele: 'Eu já estou por aqui com o Levy'. Bolsonaro disse que mandou demitir diretor.


O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (15/06) que o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, está com a "cabeça a prêmio".

Por Laís Lis, G1 — Brasília
15/06/2019

Bolsonaro diz que o presidente do BNDES está ‘com a cabeça a prêmio’



Bolsonaro deu a declaração no momento em que deixava o Palácio da Alvorada, em Brasília, e se dirigia à Base Aérea para viajar para o Rio Grande do Sul. O presidente desceu do carro, conversou com algumas pessoas e concedeu entrevista a jornalistas.

Na entrevista, Bolsonaro, sem ser questionado, disse que mandou Joaquim Levy demitir o diretor de Mercado de Capitais do BNDES, Marcos Barbosa Pinto. Acrescentou que, se Barbosa Pinto não for demitido, ele, Bolsonaro, demitirá Levy.

"Eu já estou por aqui com o Levy. Falei para ele: 'Demita esse cara na segunda-feira ou demito você sem passar pelo Paulo Guedes'", disse o presidente.
Em seguida, Bolsonaro acrescentou:
"Governo tem que ser assim, quando bota gente suspeita em cargos importantes. E essa pessoa, como o Levy, vem há algum tempo não sendo leal àquilo que foi combinado e àquilo que conhece a meu respeito. Ele está com a cabeça a prêmio já tem algum tempo."

Marcos Pinto, a quem Bolsonaro se referiu, foi chefe de gabinete de Demian Fiocca na presidência do BNDES (2006-2007). Fiocca era considerado, no governo federal, um homem de confiança de Guido Mantega, ministro da Fazenda nos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Joaquim Levy (centro), numa cerimônia no Palácio do Planalto com o presidente Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes — Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Levy no BNDES

Joaquim Levy tomou posse em janeiro como presidente do BNDES.

Ainda no ano passado, quando Levy foi escolhido para o cargo, Bolsonaro disse que quem havia "bancado" a indicação dele era Paulo Guedes, atual ministro da Economia.

Levy comandou o Ministério da Fazenda no segundo mandato de Dilma Rousseff e deixou o cargo após 11 meses.



Assassino disparou 13 tiros em Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo

Documento aponta que Paulo Cupertino Matias usou uma pistola para matar ator. Ele segue foragido.

Por César Galvão, TV Globo
15/06/2019 



O comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, disparou 13 tiros no ator Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo necroscópico ao qual a TV Globo teve acesso com exclusividade.

O crime aconteceu no domingo (09/06), no bairro Pedreira, na Zona Sul de São Paulo. Segundo a investigação, o homem cometeu os assassinatos por não aceitar o relacionamento entre sua filha, Isabela Tibcherani, e o ator.

O documento indica que a maioria dos tiros atingiu o namorado da filha do assassino: sete (um na cabeça, um no peito, três nas costas e dois no braço esquerdo).

O pai do rapaz, João Alcisio, foi atingido quatro vezes (um acertou o peito, dois o braço esquerdo e um o braço direito). A mãe, Miriam Miguel, foi atingida no peito e no ombro.

A quantidade de tiros indica que Paulo usou uma pistola.



Fuga

Paulo fugiu após atirar nas três vítimas. A polícia sabe que o criminoso utilizou ao menos dois veículos: um vermelho logo depois do crime e um escuro no dia seguinte.

O carro vermelho foi achado na terça-feira (11/06) a cerca de 600 metros do local do crime. Ele foi apreendido e passou por perícia. Segundo a investigação, a placa é clonada.

O outro veículo foi flagrado por uma câmera de segurança de um posto de gasolina na segunda-feira (10/06). Pelas imagens não dá para saber se havia outra pessoa dentro dele.


Os investigadores já sabem que uma parente do criminoso pagou pelo combustível. O veículo foi localizado na sexta (14/06) e não está no nome dessa parente. A dona do carro disse que não conhece Paulo.

O pai do rapaz, João Alcisio, foi atingido quatro vezes (um acertou o peito, dois o braço esquerdo e um o braço direito). A mãe, Miriam Miguel, foi atingida no peito e no ombro.

A quantidade de tiros indica que Paulo usou uma pistola.


Polícia procura Paulo Cupertino Matias — Foto: TV Globo/Reprodução