VENDE-SE UMA CHÁCARA (Petrolândia - PE)

VENDE-SE UMA CHÁCARA (Petrolândia - PE)
CLICK NA IMAGEM E VEJA TODOS OS DETALHES

ELETROLÉO

ELETROLÉO

Farmácia Esperança - BNE (Petrolândia - PE)

Farmácia Esperança - BNE (Petrolândia - PE)

Aurinézio

Aurinézio

CLICK NA IMAGEM E VEJA DETALHES

segunda-feira, 27 de junho de 2022

Olinda (PE) passa a contar com Delegacia da Mulher; unidade foi inaugurada nesta segunda (27.06)

Na ocasião, o governador Paulo Câmara destacou que a nova delegacia é mais um equipamento no combate à violência contra as mulheres

A cidade de Olinda, na Região Metropolitana do Recife (PE), passa a contar, a partir desta segunda-feira (26.06), com uma  Delegacia de Polícia Especializada em Atendimento à Mulher. A unidade, que foi inaugurada nesta manhã, está localizada na avenida Governador Carlos de Lima Cavalcanti, nº 2405, em Casa Caiada.

Durante a cerimônia de inauguração, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, destacou que a nova delegacia é mais um equipamento no combate à violência contra as mulheres. A delegacia foi criada, segundo o gestor, para que qualquer mulher que sofra algum tipo de agressão, ou ameaça, possa ir à unidade policial especializada no município.

"Para que a mulher possa ter o acolhimento necessário, para que seja evitada essa possível agressão ou, se caso tenha havido a agressão, que tenha os devidos encaminhamentos, seja o encaminhamento no âmbito da Polícia Civil, mas também das outras instituições", comentou Câmara. 

"Nós estamos muito cientes de que a violência contra a mulher precisa ser evitada, políticas públicas de prevenção têm que ser ampliadas, mas a necessidade da repressão também existe, e a Delegacia da Mulher é criada também para evitar a agressão mas também para dar o acolhimento necessário para qualquer mulher que sofra agressão no nosso Estado", acrescentou. 


De acordo com o governador, a Delegacia da Mulher de Olinda surge como nova ferramenta da rede de proteção planejada e organizada pelo Estado. "Essa nova delegacia busca aumentar a rede de proteção às mulheres e dar condições para que qualquer mulher que precise possa contar com esse equipamento para ser acolhida da melhor forma. A violência contra as mulheres não pode ser admitida em nosso Estado, por isso seguimos ampliando as políticas públicas e também garantindo a repressão com unidades como esta", disse.

Segundo o Governo do Estado, Pernambuco conta, agora, com 13 unidades especializadas no atendimento à mulher. As delegacias funcionam nas seguintes localidades: Santo Amaro (Recife), Prazeres (Jaboatão dos Guararapes), Cabo de Santo Agostinho, Paulista, Vitória de Santo Antão, Goiana, Caruaru, Surubim, Afogados da Ingazeira, Garanhuns e Petrolina, além de uma unidade recém-inaugurada em Arcoverde.

Nos municípios que não dispõem de delegacia especializada, a população pode procurar qualquer delegacia de plantão. Para fazer denúncias ou obter informações sobre a rede de proteção estadual à mulher, Pernambuco oferece também o serviço gratuito da Ouvidoria Estadual da Mulher, pelo telefone 0800-281-8187.

Secretária da Mulher de Pernambuco, Ana Elisa Sobreira - Foto: Melissa Fernandes/Folha de Pernambuco

Para a secretária da Mulher de Pernambuco, Ana Elisa Sobreira, a inauguração da unidade em Olinda representa um marco histórico. "É um sonho para esta cidade. Até então, não acreditávamos como Olinda ainda não tinha uma Delegacia [da Mulher]. E esse dia chegou, principalmente para mostrar para a mulher olindense que vale a pena denunciar. É através da denúncia que ela vai sair da invisibilidade, esse tipo de crime precisa sair da invisibilidade. Ela precisa denunciar, ela precisa sim buscar um lugar que vai acolhê-la ainda mais para buscar forças para continuar nessa caminhada que, como todos nós sabemos, não é fácil", apontou.

A Delegacia da Mulher de Olinda funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e terá como titular a delegada Thaís Galba. "A Delegacia da Mulher de Olinda está sendo inaugurada comigo como titular e mais 10 agentes, entre agentes, comissários e escrivães, para fazer o atendimento de mulheres vítimas de violência doméstica e das crianças vítimas de violência doméstica. A gente tem uma estimativa de que essa delegacia tem uma grande demanda pelo número, infelizmente, de casos de violência contra mulher registrados nas outras delegacias que são as circunscrições da cidade de Olinda", disse.

Delegada Thaís Galba, titular da Delegacia da Mulher de Olinda - Foto: Melissa Fernandes/Folha de Pernambuco

"Efetivamente, a gente não queria. O ideal era que a gente tivesse pouquíssimo isso, mas, infelizmente, se faz muito necessário. E, agora, a cidade de Olinda conta com uma delegacia especializada, com atendimento às mulheres vítimas de violência. A princípio, a delegacia funciona das 8h às 18h [de segunda a sexta] e, no final de semana, segue regime de plantão como outras delegacias, a exemplo de Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho. Mas nada impede que, mais na frente, a gente pense numa recomendação dessa", completou.

Também participaram da solenidade de inauguração da Delegacia da Mulher de Olinda a vice-governadora, Luciana Santos; o secretário de Defesa Social, Humberto Freire; o chefe da Polícia Civil, Nehemias Falcão; o comandante da Polícia Militar, coronel Roberto Santana; o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Rogério Coutinho; o defensor público-geral do Estado, Henrique Seixas; o secretário de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos de Olinda, Paulo Roberto; a secretária da Mulher de Olinda, Verônica Brayner; e representantes das forças de segurança nos âmbitos estadual e municipal.

Por Jaqueline Fraga, Folha de Pernambuco
Blog SNP, 27.06.22

Nenhum comentário:

Postar um comentário