VENDE-SE UMA CHÁCARA (Petrolândia - PE)

VENDE-SE UMA CHÁCARA (Petrolândia - PE)
CLICK NA IMAGEM E VEJA TODOS OS DETALHES


AGÊNCIA ATIVOS

Farmácia Esperança - BNE (Petrolândia - PE)

Farmácia Esperança - BNE (Petrolândia - PE)

ELETROLÉO

ELETROLÉO

Aurinézio

Aurinézio

CLICK NA IMAGEM E VEJA DETALHES

terça-feira, 31 de maio de 2022

São João é cancelado em diversos municípios de Pernambuco; Recife suspende a festa

Na capital pernambucana, artistas contestam suspensão do ciclo junino e prefeito faz aceno à classe

São João do Recife  - Foto: Inaldo Lins / PCR

Diante do desastre causado pelas chuvas que atingiram municípios da Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata de Pernambuco nos últimos dias, resultando em dezenas de mortos e desabrigados, diversos municípios anunciaram, nesta segunda-feira (30.05), o cancelamento dos festejos juninos. Além do Recife, as cidades de Paulista, Igarassu, Paudalho, Araçoiaba e Vicência também suspenderam as celebrações. 

O prefeito do Recife, João Campos (PSB), anunciou a suspensão do ciclo junino, incluindo São João e São Pedro, bem como a realocação de R$ 15 milhões previstos para essas festividades para as ações de enfrentamento às chuvas. “Nesse momento, temos 3,5 mil recifenses que estão nos nossos abrigos. A Prefeitura do Recife está suspendendo o São João, o São Pedro e os festejos juninos. Vamos incrementar o valor (que seria utilizado nas festas) para ações direcionadas para as famílias atingidas", apontou o prefeito do Recife, João Campos. 

Recife sem São João

O São João do Recife não ocorre desde 2019. Nos últimos anos, a festa foi cancelada por conta da pandemia de Covid-19. Em 2022, os eventos começariam no dia 10 de junho e seguiriam até o dia 30. Estava prevista também a inauguração de um novo polo, no Recife Antigo, além das celebrações no tradicional ponto do Sítio da Trindade, em Casa Amarela, e outros descentralizados pela capital pernambucana.

A decisão do prefeito João Campos (PSB) dividiu opiniões e foi alvo de críticas da classe artística nas redes sociais. "A Cultura precisa ser vista como é, essencial nas nossas vidas e necessária em todos os momentos, não só no entretenimento. No primeiro ano da pandemia, onde tanta gente deprimiu, a cultura foi que salvou muitas vidas através da música, dos livros, dos filmes, da dança, das artes, de modo geral. Suspender o São João, sobretudo nesse momento de retomada das atividades culturais de forma presencial, é tirar a esperança de quem vive de e para a cultura”, diz trecho da carta aberta ao prefeito publicada pelos artistas Maciel Salú, Rute Pajeú e Danilo Caries, do Movimento Acorde Pela Música.

VEJA AQUI OPINIÕES SOBRE O CANCELAMENTO DAS FESTAS 

Fonte: Folha de Pernambuco
Por Juliano Muta
Blog SNP, 31.05.22


Nenhum comentário:

Postar um comentário