VENDE-SE UMA CHÁCARA (Petrolândia - PE)

VENDE-SE UMA CHÁCARA (Petrolândia - PE)
CLICK NA IMAGEM E VEJA TODOS OS DETALHES


AGÊNCIA ATIVOS

Farmácia Esperança - BNE (Petrolândia - PE)

Farmácia Esperança - BNE (Petrolândia - PE)

ELETROLÉO

ELETROLÉO

Aurinézio

Aurinézio

CLICK NA IMAGEM E VEJA DETALHES

domingo, 27 de fevereiro de 2022

Finlândia, Dinamarca, Bélgica e Itália fecharão espaço aéreo para aviões russos

© Getty

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Finlândia, Dinamarca, Bélgica e Itália se juntaram a outros países da Europa e anunciaram neste domingo (27.02) que vão fechar o espaço aéreo para a Rússia em resposta à invasão da Ucrânia. Os países não informaram quando a retaliação entrará em vigor.

Nas redes sociais, o primeiro-ministro belga, Alexander De Croo, foi duro ao justificar a medida. "A Bélgica decidiu fechar o seu espaço aéreo para todas as companhias aéreas russas. Os céus europeus são abertos para aqueles que conectam pessoas, não para aqueles que buscam agredir brutalmente", escreveu.

O ministro dinamarquês das Relações Exteriores, Jeppe Kofod, disse que pressionará a União Europeia para que a proibição seja implementada em todos os países do bloco.

Neste sábado (26.02), Estônia, Letônia, Romênia, Eslovênia e Lituânia avisaram que baniriam as companhias aéreas russas. Antes, Bulgária e Reino Unido já haviam fechado o espaço aéreo para voos da Rússia.

Com as restrições, forma-se uma zona ampla de veto ao tráfego aéreo russo na Europa, o que implica em enormes desvios de rota para os aviões. Na prática, rotas saindo de Moscou podem levar mais tempo para chegarem aos destinos, pois precisam contornar os países onde o banimento está ativo.

Por Fohapress
Via Notícias ao Minuto, 27.02.2022

Nenhum comentário:

Postar um comentário