CLICK NA IMAGEM E ACESSE O NOSSO CANAL

CLICK NA IMAGEM E ACESSE O NOSSO CANAL
CLICK NA IMAGEM E ACESSE O NOSSO CANAL

LOJA FRANCKELETRO

LOJA FRANCKELETRO

AGÊNCIA ATIVOS

VIDRAÇARIA TICO VIDROS, em Petrolândia - PE

VIDRAÇARIA TICO VIDROS, em Petrolândia - PE

Aurinézio

Aurinézio

FARMÁCIA ESPERANÇA

FARMÁCIA ESPERANÇA

ELETROLÉO

ELETROLÉO

quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Inflação alcança 12,73% nas capitais em 2021; veja ranking

Curitiba (PR) foi a metrópole com a maior variação do IPCA

© Alimentos continuam a pressionar e inflação sobe 0,24% em agosto

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A inflação superou a faixa de 10% em 10 das 16 capitais e regiões metropolitanas pesquisadas em 2021 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Curitiba (PR) foi a metrópole com a maior variação do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo): 12,73%.

De acordo com o IBGE, que divulgou o indicador nesta terça-feira (11.01), o resultado da capital paranaense foi puxado pela disparada de 51,78% nos preços da gasolina. Em 2020, Curitiba havia apresentado IPCA de 3,95%.

A segunda maior inflação no ano passado foi verificada em Vitória (ES): 11,50%. Rio Branco (AC) aparece na sequência, com 11,43%.

 

As demais capitais e regiões metropolitanas com IPCA acima de 10% foram: Porto Alegre (10,99%), Campo Grande (10,92%), Salvador (10,78%), Fortaleza (10,63%), Recife (10,42%), Goiânia (10,31%) e Aracaju (10,14%).

Belém (PA) teve a menor inflação em 2021: 8,10%. A alta, contudo, foi maior do que em 2020 (4,63%).

São Paulo, metrópole mais populosa do país, registrou IPCA de 9,59%. No país, o indicador teve alta de 10,06% no ano passado. É a maior variação do IPCA no Brasil desde 2015 (10,67%).

INFLAÇÃO NAS CAPITAIS

Variação acumulada em 2021, em %

  • Curitiba (PR) 12,73
  • Vitória (ES) 11,5
  • Rio Branco (AC) 11,43
  • Porto Alegre (RS) 10,99
  • Campo Grande (MS) 10,92
  • Salvador (BA) 10,78
  • Fortaleza (CE) 10,63
  • Recife (PE) 10,42
  • Goiânia (GO) 10,31
  • Aracaju (SE) 10,14
  • São Luís (MA) 9,91
  • São Paulo (SP) 9,59
  • Belo Horizonte (MG) 9,58
  • Brasília (DF) 9,34
  • Rio de Janeiro (RJ) 8,58
  • Belém (PA) 8,1Fonte: IBGE
As informações são da Folhapress 
Via Notícias ao Minuto, em 11.01.2022
Blog SNP, em 12.01.2022



Nenhum comentário:

Postar um comentário