Pesquisar este blog

CLICK NA IMAGEM E VEJA COMO VOCÊ PODE CONCORRER AOS SORTEIOS DE SETEMBRO

Casa da Marmita, Bar, Restaurante e Delivery

Casa da Marmita, Bar, Restaurante e Delivery
Contato: 87 9 96414424

Aurinézio

Aurinézio

RC SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS

AGÊNCIA ATIVOS

VIDRAÇARIA TICO VIDROS, em Petrolândia - PE

VIDRAÇARIA TICO VIDROS, em Petrolândia - PE

FARMÁCIA ESPERANÇA

FARMÁCIA ESPERANÇA

ELETROLÉO

ELETROLÉO

quarta-feira, 14 de abril de 2021

Comitê do governo federal promete 520 milhões de doses de vacina para 2021

Ministro da Saúde anunciou antecipação de doses da Pfizer e chegada, ainda sem data, de oxigênio e medicamentos para intubação 

(FOTO: REPRODUÇÃO/TV BRASIL GOV)

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM), anunciou que o comitê criado pelo governo federal para o enfrentamento da pandemia estipulou 520 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 para o ano de 2021, além de uma antecipação de 15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer para os meses de abril, maio e junho.

A declaração foi feita em coletiva de imprensa nesta quarta-feira 14 com a presença do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, após a 2ª reunião do Comitê Nacional para o Enfrentamento da pandemia.

No cronograma de vacinas, a intenção é que as 520 milhões de doses sejam destinadas para a vacinação de toda a população ainda neste ano. As vacinas são “substancialmente” provenientes do Fiocruz e Butantan, do Consórcio Covax Facility, da Bharat Biotech (farmacêutica da Índia), da União Química (responsável pela produção da Sputnik V, da Rússia), além das vacinas da Pfizer e da Janssen.

De acordo com Queiroga, houve a antecipação de 2 milhões de doses ainda para este mês. O ministro não confirmou, contudo, quando as vacinas chegarão de fato ao País.

A Pfizer foi a primeira farmacêutica a obter a aprovação de registro pela Anvisa ainda em fevereiro, mas não houve importação de doses devido à alta demanda internacional em contratos firmado com maior antecedência.

Medicamentos

Marcelo Queiroga disse que espera, para os próximos 10 dias, uma manutenção do estoque de medicamentos para intubação de pacientes mais graves da Covid-19. Em relação à disponibilidade de oxigênio, prometeu a importação de “18 caminhões” do  insumo do Canadá, mas não foi detalhou a quantidade em metros cúbicos prevista, e nem quando o insumo será distribuído a estados e municípios.

Em longa declaração, o senador Rodrigo Pacheco enumerou uma série de projetos de lei e medidas discutidas na reunião, como o PL de compra de vacinas pela iniciativa privada sem a previsão de doação integral para o SUS e o aguardo da sanção do projeto Na coletiva, também foi anunciada a criação de uma Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Pandemia de Covid-19, que será chefiada pela atual coordenadora do Programa Nacional de Imunização, a enfermeira Francieli Fontana. Apesar de presente no no evento, a enfermeira não deu detalhes de sua atuação.


Por Redação Carta Capital
14/04/2021


Nenhum comentário:

Postar um comentário