NO BAIRRO NOVA ESPERANÇA

NO BAIRRO NOVA ESPERANÇA
PETROLÂNDIA - PE

Bairro Nova Esperança - PETROLÂNDIA -PE

Bairro Nova Esperança - PETROLÂNDIA -PE
AURINÉZIO CONSTRUÇÕES

Avenida Auspício Valgueiro Barros - Petrolândia - PE

Avenida Auspício Valgueiro Barros - Petrolândia - PE
FRANCK ELETRO - Click na imagem e veja nossas ofertas

quarta-feira, 24 de março de 2021

Por engano, doméstica joga R$ 10 mil da patroa no lixo; dinheiro é encontrado após rastreio

Os coletores de lixo reviraram cerca de três toneladas de lixo durante três horas até encontrarem as cédulas

Dinheiro estava agrupado em cédulas de R$ 100 - Foto: Divulgação/Emlurb

Uma empregada doméstica colocou no lixo, sem querer, uma sacola com R$ 10 mil da patroa, no Recife. O dinheiro acabou sendo levado pelo caminhão da coleta e uma verdadeira operação com direito a rastreamento por GPS foi montada para recuperar o montante. Os coletores de lixo reviraram cerca de três toneladas de lixo durante três horas até encontrarem as cédulas.

Tudo começou quando a patroa deixou o dinheiro dentro de uma sacola em cima de um móvel. A empregada, que não sabia o que havia no pacote e pensava que era lixo, recolheu e colocou na calçada junto com o restante dos resíduos da casa.

“Quando a senhora sentiu falta do dinheiro, ligou para a Emlurb e falou com a secretária do diretor. Eu estava passando na hora e disse: ‘vamos ajudar’. Fomos à sala de controle operacional para localizar o carro”, explicou o gerente-geral de Fiscalização e Limpeza da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb), Avelino Pontes.

Todos os caminhões que fazem a coleta de lixo no Recife são equipados com GPS, que realizam o rastreamento em tempo real. Com o auxílio dessa tecnologia, foi possível localizar o caminhão que havia passado na rua. O motorista então recolheu o veículo para a Diretoria de Limpeza Urbana, na avenida Recife.

No pátio da diretoria, o caminhão foi descarregado e teve início a busca pelo pacote dos R$ 10 mil. “O caminhão já estava pela metade. Depois do lixo dessa residência, fez mais 15 ruas e tinha uma média de três toneladas. Descarregamos e os garis começaram a busca, foram quase três horas. Na primeira leva, catamos todo o lixo e não achamos”, acrescentou Avelino.

Apesar de ser um valor alto, o dinheiro estava agrupado em notas de R$ 100. Ou seja, não era um pacote muito grande e pesado. Foi então que a estratégia de busca no meio do lixo mudou. 





Por Folha Pernambuco
24/03/2021




Nenhum comentário:

Postar um comentário