quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

Grávida morre depois de ser rejeitada em três hospitais na Turquia por ter Covid-19

Mulher em trabalho de parto foi recusada em três hospitais na Turquia.

© Facebook

Uma mulher grávida, com Covid-19, morreu depois de ter sido rejeitada por três hospitais em Istambul, na Turquia.

Dönüş Kılınç morreu na maca de um hospital privado, depois dos três hospitais públicos terem rejeitado atendê-la, uma vez que era doente Covid-19.

A mulher começou a sentir contrações no dia 3 de novembro e apesar de estar em quarentena, pediu ao marido que a levasse ao hospital. O marido levou-a primeiro ao hospital onde tinha sido acompanhada durante a gravidez mas as portas foram-lhe fechadas. Seguiram-se duas outras tentativas, em dois outros hospitais, mas com o mesmo resultado final.

A mulher acabou por ser atendida numa clínica privada, no lado europeu da cidade, onde foi levada de urgência para a sala de operações, mas Dönüş acabou por morrer.

Segundo o Mirror, o bebé sobreviveu, algo que podia não ter acontecido, caso a mulher demorasse ainda mais tempo a ser atendida.

O marido da vítima já abriu um processo judicial contra os hospitais que se recusaram a atender a mulher, havendo um que afirmou mesmo que não era um hospital pandêmico.

Fonte: Notícias ao Minuto
Blog SNP, 03/12/2020

CLASSIFICADOS PETROLÂNDIA - PE: 
Vende-se ou troca-se TRAILER Flutuante



CLICK NA IMAGEM E VEJA DETALHES




Nenhum comentário:

Postar um comentário