CLICK NA IMAGEM

CLICK NA IMAGEM
ACESSE .... CONTRIBUA... COMPARTILHE

PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

AURINÉZIO CONSTRUÇÕES

AURINÉZIO CONSTRUÇÕES
BAIRRO NOVA ESPERANÇA, Avenida Padre Cícero, nº 90

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Recife - PE é a terceira capital em que o pedestre mais morre no trânsito no Brasil

Desde 2015, Recife aparece no ranking das 5 capitais onde há mais registros de mortes de pedestres - Foto: Bruna Costa/Esp. DP

No dia 8 de agosto se comemora o Dia do Pedestre, mas não há muito o que celebrar no Recife. A capital pernambucana, desde 2016, é a terceira cidade onde mais morrem pedestres no trânsito - só perde para São Paulo e Rio de Janeiro. O Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Sistema Único de Saúde (SUS) registrou, somente no período entre 2016 e 2017 (ano mais recente), 285 óbitos. O dado alerta para a necessidade de um olhar mais atencioso para aquele que é o elemento mais frágil das vias públicas.

“Eu estou até hoje com medo de andar na rua. Olho mil vezes sempre que tem carro”, conta a acompanhante hospitalar Lili Figueiredo, de 48 anos. Ela cuidava de Ivanice Felix de Lima, a cadeirante idosa que foi atropelada, em plena luz do dia, no cruzamento da Avenida Agamenon Magalhães com a Rua do Paissandú, em 13 de junho. “É revoltante ela ter morrido daquela forma. Terrível. Ainda mais saber que foi algo feito por uma autoridade”, desabafa Lili, referindo-se ao subtenente do Exército Paulo Bezerra Cavalcanti Junior - era ele quem dirigia o veículo que atravessou o sinal vermelho e atingiu Ivanice na faixa de pedestres.

A idosa fazia hemodiálise no Recife e estava voltando, na companhia de Lili, para a cidade onde morava: Carpina, na Mata Norte do estado. “Eu fiquei desesperada, em pânico. Se não tivessem me puxado, eu também teria sido morta. O pessoal fazia buzinaço para ele parar e o homem seguiu numa boa, como se nada tivesse acontecido. Se pelo menos tivesse parado, socorrido, mas não”, revolta-se. 

Respeito

“A gente percebe que, cada vez mais, é preciso que o condutor tenha respeito à coletividade. Falta sobretudo o respeito, à sinalização, ao pedestre”, reflete a presidente da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), Taciana Ferreira.

“Nesse local onde aconteceu o atropelamento, tinha todos os recursos: faixa de pedestre, ilha de travessia, fiscalização eletrônica. Tinha um volume grande de pessoas atravessando a rua e, mesmo assim, o veículo foi avançando o semáforo. E ainda que não tivesse um sinal, o pedestre tem sempre prioridade”, acrescenta.

Quem prega visão semelhante é a presidente do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran), Simíramis Queiroz. Falta maturidade no trânsito. “A gente precisa crescer, ter uma visão de que, em qualquer situação, somos pedestres. A falta dessa consciência dá margem a esse tipo de situação”, opina.


Mortes de pedestres no trânsito
SAQUE
ANIVERSÁRIO

1

Chart
2019
(jan a março)

Todo ano, o trabalhador poderá sacar parte do saldo da sua conta do FGTS no mês do seu aniversário observados os valores constantes da tabela abaixo:
Quanto poderá ser sacado a cada ano

Saldo de até R$ 500: poderá ser sacado 50% do saldo

De R$ 500, 01 a R$ 1.000: poderá ser sacado 40%

De R$ 1.000,01 a R$ 5.000: poderá ser sacado 30%

De R$ 5.000,01 a R$ 10.000: poderá ser sacado 20%

De R$ 10.000,01 a R$ 15.000: poderá ser sacado 15%

De R$ 15.000,01 a R$ 20.000: poderá ser sacado 10%

Acima de R$ 20.000: poderá ser sacado 5%


Mas Simíramis pondera quanto às soluções. “Deveríamos ter educação para o trânsito obrigatória nas escolas. Estamos vendo que formar o adulto não dá muito resultado. A pessoa sempre sabe quando está cometendo uma infração, mas como não se conscientiza, acaba praticando”, opina Simíramis. 
“E não é só o condutor, o pedestre também. Não há noção de fragilidade. Quando a gente é condutor, reclamamos do pedestre. Mas também se vê falta de atenção dos transeuntes, andando no meio da rua, atravessando fora da faixa ou fora de passarela”, pondera.
Lili, acompanhante hospitalar de Ivanice, espera que a legislação fique mais dura para crimes de trânsito. “São vários e vários acidentes e eles só suspendem a carteira. Tinha era que perder, porque isso vai continuar sempre”, aponta, em relação ao fato do subtenente só ter tido a habilitação suspensa. “Que nesse Dia do Pedestre, fique a reflexão para os motoristas tomarem mais cuidado”, pontua.


Fonte: Diário de Pernambuco 
Por: Diogo Cavalcante
08/08/2019



 
Mortes de pedestres no trânsitSharmade with

Nenhum comentário:

Postar um comentário