PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

terça-feira, 4 de junho de 2019

Lançamento News: 'MEU CORDEL, É NOSSO': 'Barreiras Terra Querida'- poeta Petrolandense Tony Xavier

Hoje, terça-feira, dia 04 de junho de 2019, o Blog SNP lança o Projeto "Meu Cordel, é Nosso", que a partir desta matéria, mostrará cordéis de poetas de todo o Brasil, especialmente de Petrolândia e a região do Sertão de Itaparica.

Por que "Meu Cordel, é Nosso"? 

A é ideia é que a cada cordel publicado, o poeta transmita através de sua literatura de cordel, os seus valores; seu talento; o amor que ele tem pela sua terra; pela sua gente; pela sua cultura. Sendo assim, ele estará nos doando tudo isso, a sua arte; seu trabalho e sua poesia. E pela exposição, será de todos, no contexto da apreciação popular dos seus escritos. 

O projeto também é uma forma de abrir espaço para diversos poetas, que a maioria, por sua vez, não tem a oportunidade de expor um trabalho literário tão nobre, o quanto é a literatura de cordel. Que muitos por não ter incentivo ou espaço para expor o seu talento, desistem. E com esta desistência os poetas, em primeiro lugar perdem, e todos nós perdemos, em decorrência a falta de incentivo.

Acreditamos que dará certo, porque afinal, "bom gosto temos, e poetas bom, temos de sobra"

Alexandre Sertão
Idealizador do Projeto "Meu Cordel, é Nosso"
04/06/2019

POETA DE HONRA

Foto: Tony Xavier
E nesta primeira matéria, teremos a honra de começa com ele, um poeta petrolandense (Petrolândia, Sertão de Pernambuco) que auto classifica-se "o poeta do povo", Tony Xavier. Este poeta de uma poesia atualizada, mas cheia de saudosismo por sua terra, e recheada de um valor imenso por sua gente e sua cultura.

Breve conheceremos mais deste poeta, simples, sertanejo de uma rica poesia, e que orgulha suas duas terras Tacaratu - PE (terra de nascimento) e Petrolândia - PE (filho adotivo, apaixonado, e que tem uma grande amor pela "Terra de Petrolândia)  



Barreiras Terra Querida

Quanto mais o tempo passa
Mas fico angustiado
Me lembro do povoado
Começa assim meu sofrer.
Um eterno padecer
Revirando a minha vida
Barreiras, terra querida
Que saudades de você.

Dos momentos tão felizes
E de muita diversão
Eu lembro da emoção
É difícil esquecer.
Não dá para desfazer
Isso marcou minha vida
Barreiras, terra querida
Que saudades de você.

Do povo maravilhoso
Daquela Igreja sagrada
Aquela imagem marcada
Me faz chorar e sofrer.
Sempre que eu posso vê
Mexe com á minha vida
Barreiras, terra querida
Que Saudades de você.

Á feira livre ao seu lado
Não sai do meu pensamento
Pra mim um grande tormento
Que me faz entristecer.
Tirando até o prazer
De viver á minha vida
Barreiras, terra querida
Que saudades de você.

Tony Xavier 

Fonte: Blog Petrolândia em Foco
04 de junho de 2019

Um comentário: