PAULINELLY CHALÉS

PAULINELLY CHALÉS
CLICK NA IMAGEM E VEJA DETALHES

PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

CLICK NA IMAGEM

CLICK NA IMAGEM
ACESSE .... CONTRIBUA... COMPARTILHE

AURINÉZIO CONSTRUÇÕES

AURINÉZIO CONSTRUÇÕES
BAIRRO NOVA ESPERANÇA, Avenida Padre Cícero, nº 90

sábado, 15 de junho de 2019

Assassino disparou 13 tiros em Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo

Documento aponta que Paulo Cupertino Matias usou uma pistola para matar ator. Ele segue foragido.

Por César Galvão, TV Globo
15/06/2019 



O comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, disparou 13 tiros no ator Rafael Miguel e nos pais dele, aponta laudo necroscópico ao qual a TV Globo teve acesso com exclusividade.

O crime aconteceu no domingo (09/06), no bairro Pedreira, na Zona Sul de São Paulo. Segundo a investigação, o homem cometeu os assassinatos por não aceitar o relacionamento entre sua filha, Isabela Tibcherani, e o ator.

O documento indica que a maioria dos tiros atingiu o namorado da filha do assassino: sete (um na cabeça, um no peito, três nas costas e dois no braço esquerdo).

O pai do rapaz, João Alcisio, foi atingido quatro vezes (um acertou o peito, dois o braço esquerdo e um o braço direito). A mãe, Miriam Miguel, foi atingida no peito e no ombro.

A quantidade de tiros indica que Paulo usou uma pistola.



Fuga

Paulo fugiu após atirar nas três vítimas. A polícia sabe que o criminoso utilizou ao menos dois veículos: um vermelho logo depois do crime e um escuro no dia seguinte.

O carro vermelho foi achado na terça-feira (11/06) a cerca de 600 metros do local do crime. Ele foi apreendido e passou por perícia. Segundo a investigação, a placa é clonada.

O outro veículo foi flagrado por uma câmera de segurança de um posto de gasolina na segunda-feira (10/06). Pelas imagens não dá para saber se havia outra pessoa dentro dele.


Os investigadores já sabem que uma parente do criminoso pagou pelo combustível. O veículo foi localizado na sexta (14/06) e não está no nome dessa parente. A dona do carro disse que não conhece Paulo.

O pai do rapaz, João Alcisio, foi atingido quatro vezes (um acertou o peito, dois o braço esquerdo e um o braço direito). A mãe, Miriam Miguel, foi atingida no peito e no ombro.

A quantidade de tiros indica que Paulo usou uma pistola.


Polícia procura Paulo Cupertino Matias — Foto: TV Globo/Reprodução






Nenhum comentário:

Postar um comentário