PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

MIX POINT

MIX POINT
Avenida José Gomes de Avelar, centro de Petrolândia, "O Melhor da Cidade"

quinta-feira, 30 de maio de 2019

SÃO PAULO É ELIMINADO DA COPA DO BRASIL: "Sou o maior culpado", diz Cuca após eliminação do São Paulo

Técnico assumiu responsabilidade após derrota para o Bahia que eliminou o São Paulo nas oitavas de final da Copa do Brasil

Por Terra
Blog SNP, 30 de Maio de 2019

Cuca, técnico do São Paulo, durante jogo entre Bahia x São Paulo, partida valida pelo jogo de volta da Copa do Brasil 2019, nesta quarta-feira (29), na Arena Fonte Nova, em Salvador
Foto: TIAGO CALDAS/FOTOARENA / Estadão

O técnico Cuca assumiu a responsabilidade pela eliminação do São Paulo para o Bahia nas oitavas de final da Copa do Brasil. O treinador também disse entender a torcida estar "'p'" da vida".

"Se a torcida está de cabelo em pé, é com toda a razão. Ser eliminado como São Paulo foi na Libertadores (para o Talleres, da Argentina) e agora na Copa do Brasil é lógico que o torcedor fica "p" da vida. E os maiores responsáveis somos nós. Sou eu quem escala e quem põe as ideias em campo. O time está há quatro jogos sem fazer gols. Sou eu o maior culpado. Se tem que bater em algum, se tem que levar porrada no bom sentido, o culpado sou eu", afirmou Cuca, em entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0 na Arena Fonte Nova.

"O time foi motivado, jogou com inspiração, não jogou mal, é que estávamos atrás e o Bahia estava encaixado. É difícil fazer gol no Bahia, uma marcação muito forte e uma saída rápida, a exemplo do Corinthians. Motivar é falar palavra bonita? É ir lá e trabalhar. Eles estão isentos da culpa das derrotas. A culpa é minha, já falei uma, duas e falo a terceira, porque não estou conseguindo fazer o time ganhar os jogos", acrescentou o treinador.

'Silencia e trabalho'

Cuca também analisou o que o São Paulo precisa para se reabilitar. A equipe disputará até o fim desta temporada apenas o Brasileirão, no qual está em quarto lugar, com 11 pontos.

"Silêncio e trabalho. Isso que temos que fazer. Ficar de boca fechada e trabalhar bastante e ouvir bastante, que é o que vai acontecer", disse Cuca.

O treinador afirmou ainda que falar sobre os desfalques seria "desculpinha". Ele não pôde contar com o atacante Antony, que está com a seleção brasileira olímpica para a disputa do Torneio de Toulon, na França. Outros desfalques importantes foram Luan e Liziero, que vinham sendo titulares antes de se lesionarem.

"O que eu falar aqui agora vai servir de desculpinha. Então não adianta aqui falar que Liziero machucou, Luan machucou, Antony na seleção. E ele tinha que estar na seleção, não tem que ficar bravo. Se ele está aqui e é eliminado e ele não foi para a seleção, ele entra em parafuso. Ele perde a chance de se tornar um grande jogador. Fizemos o que é certo. Se os outros não fizemos a coisa certa, problema deles. Não adianta culpar a diretoria. Eu fui favorável a isso, falei com a diretoria. Eu não sei se ele está aqui a gente ganha o jogo. Eu acho que não. No geral o Bahia foi melhor nos dois jogos. Pouca coisa, mas o suficiente para passar", declarou Cuca.




Nenhum comentário:

Postar um comentário