VENDE-SE UMA CHÁCARA (Petrolândia - PE)

VENDE-SE UMA CHÁCARA (Petrolândia - PE)
CLICK NA IMAGEM E VEJA TODOS OS DETALHES


AGÊNCIA ATIVOS

Farmácia Esperança - BNE (Petrolândia - PE)

Farmácia Esperança - BNE (Petrolândia - PE)

ELETROLÉO

ELETROLÉO

Aurinézio

Aurinézio

CLICK NA IMAGEM E VEJA DETALHES

segunda-feira, 23 de maio de 2022

FORRÓ NA ROÇA EM PETROLÂNDIA - PE: Veja a programação




#Prefeitura #Petrolândia #UmaNovaHistória #Pernambuco

FONTE: Prefeitura de Petrolândia
Blog SNP, 23.05.22

OMS espera que mais casos de varíola dos macacos surjam globalmente

A varíola dos macacos é uma doença infecciosa que geralmente é leve e é endêmica em partes da África ocidental e central.

Stook

AOrganização Mundial da Saúde (OMS) disse que espera identificar mais casos de varíola dos macacos na medida em que expande a vigilância em países onde a doença normalmente não é encontrada.

Até sábado (21.05), 92 casos haviam sido confirmados e 28 casos suspeitos de varíola foram relatados em 12 estados-membros que não são endêmicos para o vírus, disse a agência da Organização das Nações Unidas (ONU), acrescentando que fornecerá mais orientações e recomendações nos próximos dias para os países, sobre como mitigar a propagação da doença.

"As informações disponíveis sugerem que a transmissão de humano para humano está ocorrendo entre pessoas em contato físico próximo com casos sintomáticos", acrescentou a agência.

A varíola dos macados é uma doença infecciosa que geralmente é leve e é endêmica em partes da África ocidental e central. É espalhada por contato próximo, e pode ser contida com relativa facilidade por meio de medidas como isolamento e higiene.

"O que parece estar acontecendo agora é que ela entrou na população como uma forma sexual, como uma forma genital, e está se espalhando assim como as infecções sexualmente transmissíveis, o que amplificou sua transmissão em todo o mundo", disse David Heymann, funcionário da OMS e um especialista em doenças infecciosas, à Reuters.

Heymann disse que um comitê internacional de especialistas se reuniu por videoconferência para analisar o que precisava ser estudado sobre o surto e comunicado ao público, incluindo se há disseminação assintomática, quem está em maior risco e as várias vias de transmissão.

O comitê, no entanto, não é o grupo que sugeriria declarar uma emergência de saúde pública de interesse internacional, a maior forma de alerta da OMS, que se aplicou à pandemia de covid-19.

Por Agência Barsil
Via Notícias ao Minuto, 23.05.22

Mundo passa de 100 milhões de refugiados pela primeira vez

O número foi divulgado pelo Alto Comissariado da ONU para o setor na noite deste domingo (22.05), já madrugada de segunda (23.05) em Genebra, sede do órgão.

GETTY

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio aos efeitos da Guerra da Ucrânia e à diáspora provocada pela invasão russa, o mundo superou a marca de 100 milhões de refugiados pela primeira vez. O número foi divulgado pelo Alto Comissariado da ONU para o setor na noite deste domingo (22.05), já madrugada de segunda (23.05) em Genebra, sede do órgão.

"Cem milhões é um número cruel, preocupante e alarmante em igual medida. É um recorde que nunca deveria ter sido estabelecido", disse o alto comissário Filippo Grandi, em comunicado. "Ele deve servir de alerta para a resolução e a prevenção de conflitos destrutivos, para acabar com a perseguição e para tratarmos das causas subjacentes que forçam inocentes a fugir de casa."

O relatório completo será lançado no mês que vem.

O número de refugiados já havia estabelecido um recorde de 82,4 milhões em 2020. Por ocasião da divulgação do relatório no ano passado, o porta-voz do Acnur no Brasil resumiu as expectativas pouco animadoras: "Já não nos perguntamos se chegaremos aos 100 milhões, mas quando chegaremos".

Esse total inclui quem deixou seus países por causa da violência ou de algum tipo de perseguição, pessoas em busca de asilo em outros lugares e gente deslocada à força dentro do próprio país.

Segundo o comunicado deste domingo, a marca de 90 milhões foi atingida no final de 2021, com uma série de conflitos agravando o quadro neste ano. O órgão destacou o papel evidente que a Guerra da Ucrânia teve nos números, lembrando que mais de 6 milhões de habitantes precisaram deixar o país depois da invasão russa e que 8 milhões tornaram-se deslocados internos, forçados a se mudar para outra cidade.

O total representa mais de um quarto da população do país.

Também foram citados como propulsores da estatística de deslocados à força quadros crônicos de violência, além de ondas recentes, vistas em locais como Etiópia, Burkina Fasso, Mianmar, Nigéria, Afeganistão e República Democrática do Congo.

domingo, 22 de maio de 2022

Em Petrolândia - PE teremos 'DETRAN Itinerante', de 23 a 27 de Maio de 2022

 DETRAN Itinerante em Petrolândia

Confira os dias e horários na imagem


A partir desta segunda-feira (23/05), das 8h às 13h, a unidade móvel do Detran estará em frente a Prefeitura ofertando os serviços a população. Na quarta-feira (25/05) a unidade estará no distrito Icó Mandantes das 8h às 13h, neste dia não haverá atendimento na zona urbana

O Detran Itinerante seguirá realizando os atendimentos até sexta-feira (27/05)

A iniciativa veio através da solicitação realizada pelo prefeito Fabiano Marques e atendida pelo diretor do DETRAN.

SERVIÇOS


#Prefeitura #Petrolândia #UmaNovaHistória #Pernambuco

FONTE: Prefeitura de Petrolândia
Blog SNP, 22.05.22



Mundo ganhou 1 milhão de pobres e um bilionário a cada 30 horas na pandemia

Fortuna do clube do bilhão cresceu, enquanto mais pessoas entraram na extrema pobreza nos últimos dois anos

Os dois anos de pandemia acirraram a desigualdade no mundo. Levantamento realizado pela Oxfam, ONG que atua em mais de 90 países na busca de soluções para a pobreza e a desigualdade social, dá conta que, nos últimos dois anos, o mundo ganhou um novo bilionário a cada 30 horas.

O compasso é quase o mesmo que, neste ano, deve levar um milhão de pessoas a atravessarem a linha de pobreza extrema, a cada 33 horas, nas estimativas da entidade. O estudo está sendo lançado concomitantemente à abertura do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, como insumo para os debates.

"Esse aumento desproporcional da riqueza de poucos não é celebrável. Ao contrário, é um sinal de alerta, de urgência para que algo seja feito a fim de recolocar a humanidade nos trilhos da inclusão", afirma a diretora executiva da Oxfam Brasil, Katia Maia.

Junto ao estudo, batizado como “Lucrando com a dor”, a entidade indica medidas voltadas à redistribuição de renda. A Oxfam recomenda a tributação de grandes fortunas e sugere a taxação temporária, em 90%, de lucros excedentes obtidos pelas grandes corporações durante a pandemia.

Conforme o levantamento, o mundo tem atualmente 2.668 bilionários, 573 mais que em 2020. Somente o setor farmacêutico, que lucrou mais com a venda de vacinas, fez 40 desses.

Bolsonaro dobra número de viagens em 2022 e acumula eventos com perfil eleitoral

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi ao município de Jardim de Piranhas (RN) no início do ano para participar de um evento de celebração da chegada das águas da transposição do rio São Francisco ao estado. 

Getty

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi ao município de Jardim de Piranhas (RN) no início do ano para participar de um evento de celebração da chegada das águas da transposição do rio São Francisco ao estado.

Antes da cerimônia, colocou chapéu de couro, roteiro tradicional de candidatos à Presidência da República em visitas ao Nordeste, e participou de uma "jeguiata" ao lado de ministros e apoiadores.

À época, faltavam oito meses para a disputa pelo Palácio do Planalto. Desde então, o presidente passou a viajar mais e a priorizar agendas de caráter político-eleitoral. Neste ano, ele deixou Brasília mais do que o dobro de vezes em relação ao mesmo período de 2021.

De janeiro a meados de maio de 2021, Bolsonaro esteve em viagem em 18 dias. Em 2022, foram 41 dias com deslocamentos para fora da capital.

Diesel tem novo recorde, com preço médio de R$ 6,943

© Shutterstock

É o maior valor desde o início do levantamento semanal da agência, em 2004. SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O diesel subiu novamente e renovou o recorde, com preço médio de R$ 6,943 por litro nos postos brasileiros na semana entre 15 e 21 de maio, de acordo com dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

É o maior valor desde o início do levantamento semanal da agência, em 2004.

GASOLINA CAI

Por outro lado, o preço médio da gasolina caiu pela primeira vez em cinco semanas, passando de R$ 7,298 para R$ 7,275 o litro na semana entre 15 e 21 de maio

O maior e o menor preço do combustível foram verificados no estado de São Paulo. O mais caro foi no Guarujá, em São Paulo, a R$ 8,59; e o mais barato, de R$ 6,25, em Jaú.

Por Folhapress
Via Notícias ao Minuto, 22.05.22



Jovem é morto com 3 tiros, em Paulo Afonso – BA [veja os detalhes]

Na noite desta sexta-feira (20.05), um jovem identificado apenas como Arthur Souza foi morto com três disparos de arma de fogo no bairro Santa Inês, em Paulo Afonso – BA

O crime ocorreu próximo a rua São Firmino, por volta das 19h30m. 

Segundo as informações, até o momento, ninguém foi preso e a motivação do crime ainda é desconhecida. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada e confirmou o óbito, ainda no local.

A Polícia Militar isolou a área até a chegada dos peritos do Departamento de Polícia Técnica.

Por Chicosabetudo
Blog SNP, 22.05.22

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

A portaria com a decisão foi assinada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em 22 de abril, e previa prazo de 30 dias para que estados e municípios se adequassem à nova realidade.

© REUTERS/Eric Gaillard

Chegou ao fim, neste domingo (22.05), o estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin), decretado em função da pandemia de covid-19 no Brasil.

A portaria com a decisão foi assinada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em 22 de abril, e previa prazo de 30 dias para que estados e municípios se adequassem à nova realidade.

A decisão do governo brasileiro foi tomada com base do cenário epidemiológico mais arrefecido e o avanço da Campanha de Vacinação no país. Segundo o Ministério da Saúde, apesar da medida, nenhuma política pública de saúde será interrompida.

“A pasta dará apoio a estados e municípios em relação à continuidade das ações que compõem o Plano de Contingência Nacional”, garantiu o governo.

No último dia 12 de maio, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) prorrogou, a pedido do Ministério da Saúde, o prazo de validade das autorizações para uso emergencial de vacinas contra covid-19, que deixariam de ser usadas na campanha de vacinação contra a doença com o fim do Epin. A medida vale também para medicamentos que só deveriam ser usados durante a crise sanitária. Segundo a decisão da Diretoria Colegiada da Anvisa, as autorizações permanecerão válidas por mais um ano.

No mesmo dia, a Anvisa alterou a resolução que permite a flexibilização das medidas sanitárias adotadas em aeroportos e aeronaves, em virtude do encerramento do estado de emergência. Entre as mudanças, estão a retomada do serviço de alimentação a bordo e permissão para retirada de máscaras para se alimentar, durante o voo.

Segundo o Ministério da Saúde, o governo federal empenhou quase R$ 34,3 bilhões para a compra de cerca de 650 milhões de imunizantes contra a covid-19.

“Por conta da vacinação, o Brasil registra queda de mais de 80% na média móvel de casos e óbitos pela covid-19, em comparação com o pico de casos originados pela variante Ômicron, no começo deste ano. Os critérios epidemiológicos, com parecer das áreas técnicas da pasta, indicam que o país não está mais em situação de emergência de saúde pública nacional”, ressaltou o Ministério em nota.

por Agência Brasil
Via Notícias ao Minuto, 22.05.22



MARCAÇÕES DE CONSULTAS E EXAMES EM PETROLÂNDIA - PE: Na Secretaria Municipal de Saúde, de 23 à 27 de Maio de 2022

 

Foto: Alexandre Sertão



Fonte: Secretaria Municipal de Saúde
Blog SNP, 22.05.2022


CLICK NA IMAGEM