Pesquisar este blog

CLICK NA IMAGEM E VEJA COMO VOCÊ PODE CONCORRER AOS SORTEIOS DE SETEMBRO

Casa da Marmita, Bar, Restaurante e Delivery

Casa da Marmita, Bar, Restaurante e Delivery
Contato: 87 9 96414424

Aurinézio

Aurinézio

RC SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS

AGÊNCIA ATIVOS

VIDRAÇARIA TICO VIDROS, em Petrolândia - PE

VIDRAÇARIA TICO VIDROS, em Petrolândia - PE

FARMÁCIA ESPERANÇA

FARMÁCIA ESPERANÇA

ELETROLÉO

ELETROLÉO

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Bolsonaro é irônico sobre decisão de Moraes no STF: 'Quer intimidar quem?'

 (Foto: Evaristo Sa/AFP)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) agiu com ironia ao comentar a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de abrir investigação para apurar a participação do chefe do Executivo no vazamento de informações obtidas pela Polícia Federal.

Em transmissão nas redes sociais, ele criticou a decisão do ministro: “Querem intimidar quem? A justiça é para todos. Todo mundo do Brasil, ou grande parte dos brasileiros, quer a certeza de quem eles votarem, o voto vai para lá", afirmou.

A investigação se refere a uma invasão ao sistema eleitoral ocorrida em 2018. Esse é o segundo inquérito aberto contra o presidente a partir de pedidos do Trubinal Superior Eleitoral (TSE).

O pedido de investigação foi apresentado ao STF na segunda-feira (9). No ofício, os ministros do TSE pediram que Bolsonaro seja investigado "por possível conduta criminosa referente à divulgação indevida de informações sigilosas ou reservadas do Tribunal Superior Eleitoral, com potencial prejuízo para a administração pública".

Por ordem de Moraes, Bolsonaro teve de retirar de sua página oficial os dados referentes às investigações da PF. O presidente, por sua vez, justificou afirmando que o arquivo divulgado em sua página já foi copiado.

Bolsonaro também acusou Alexandre de Moraes de interferir nas investigações a respeito da segurança das urnas eletrônicas, ao afastar o delegado da Polícia Federal responsável por inquérito vazado sobre invasões a sistemas da Justiça Eleitoral.

Por fim, o presidente da República disse que se preocupa com a eleição presidencial por se tratar do futuro do país: “Nem deveria perder tempo com isso. Tem muita coisa importante no Brasil, mas tenho de pensar nas eleições do ano que vem. Não por mim, mas pelo futuro do Brasil”.


Fonte: Estado de Minas
Via Diário de Pernambuco
Blog SNP, 13.08.2021


Nenhum comentário:

Postar um comentário