segunda-feira, 12 de abril de 2021

Randolfe responde ataques de Bolsonaro e aponta motivos para a CPI

Do que tem medo?, questionou o senador; ex-capitão disse disse que teria que sair na porrada com o autor do requerimento da comissão.

SENADOR RANDOLFE RODRIGUES. 
FOTO: LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPUTADOS

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) respondeu ao presidente Jair Bolsonaro que, em diálogo com o também senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), disse que teria que “sair na porrada” com o autor do requerimento de criação da CPI da Covid-19.

“A violência é uma arma que só interessa aos covardes. Aos homens públicos, principalmente neste momento [de pandemia] não interessa ficar envolvido em brigas de rua”, afirmou Randolfe em vídeo nesta segunda-feira 12/04.

Mais cedo, por uma rede social, o senador apontou os motivos que faz o presidente ter receio da pandemia.

"Do que Bolsonaro tem medo? A CPI da COVID, afinal, só quer apurar, dentre outras coisas em relação à pandemia":

1. O atraso na compra de vacina  da Pfizer
2. Falha grosseira na aquisição de seringas, insumos, equipamentos e na estruturação do Sistema de Saúde.
3. Gasto exacerbado com medicamentos sem eficácia comprovada.
4. Aglomerações causadas pelo presidente e sua comitiva em todo o país.
5. Em m meio à pandemia, superfatura nas compras do Governo.
6. Omissão diante das mortes por falta de oxigênio em Manaus.
7. Negligência diante da escassez do kit intubação.
8. Incompetência na distribuição de vacinas, especialmente em relação à logística.
9. Negacionismo, discurso de sabotagem às medidas de isolamento.
10. O não uso e o incentivo ao não uso de máscaras.
11. Tentativa de maquiar número de mortes por COVID.
12. Falta de transparência na divulgação de casos.
13. Ataques aos poderes.
14. Desgaste das relações internacionais que nos garantiriam melhor negociação de vacinas.

Por Carta Capital, 12/04/2021


Nenhum comentário:

Postar um comentário