PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

COOPERTALSE - ligue (79) 99863-3435

COOPERTALSE - ligue (79) 99863-3435
CLICK NA IMAGEM E VEJA MAIS DETALHES

sábado, 12 de janeiro de 2019

Salário mínimo volta a ter ganho real após 2 anos; compare o que subiu

Veja os preços que subiram e caíram em relação ao mínimo nacional.

Por Taís Laporta, G1
12/01/2019 20h30

O salário mínimo teve aumento real (descontada a inflação) de 1,14% em 2019, segundo a Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade). Foi o primeiro ganho frente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) após dois anos de queda.

Salário mínimo em 2019: veja o valor

O mínimo nacional foi reajustado pelo governo em 4,61% no dia 1º de janeiro, passando de R$ 954 para R$ 998. Já o INPC subiu 3,43% em 2018.

Para reajustar o mínimo, o governo considera a variação do INPC no ano anterior (2018) mais o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2017, que foi de 1,1%.

Aumentos reais do salário mínimo
Ganho frente à inflação medida pelo INPC, em %
8,238,2313,0413,045,15,14,034,035,795,796,026,020,370,377,597,592,642,641,161,162,462,460,360,36-0,1-0,1-0,25-0,251,141,14200520062007200820092010201120122013201420152016201720182019-2,502,557,51012,515
2019
1,14
Fonte: Dieese

Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), em 2018 o salário mínimo teve perda real de 0,25% e, em 2017, recuou 0,1% frente à inflação, a primeira queda em mais de uma década.

Veja o que variou acima do salário mínimo (4,61%):
  • Planos de saúde: 11,7%
  • Energia elétrica: 8,7%
  • IGPM (correção do aluguel): 7,53%
  • Gasolina: 7,24%
  • Educação: 5,32%
  • Habitação: 4,72%
  • Poupança: 4,62%

Veja o que variou abaixo do salário mínimo (4,61%):

  • Transportes: 4,19%
  • Alimentação: 4,04%
  • Saúde e cuidados pessoais: 3,95%
  • Artigos de residência: 3,74%
  • IPCA (inflação oficial): 3,69%
  • Aposentadoria acima do mínimo (INPC): 3,43%
  • Despesas pessoais: 2,98%
  • Imóveis (venda): -0,21%


Nenhum comentário:

Postar um comentário