PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

JATOBÁ-PE: Polícia Federal usa bombas de efeito moral, spray de pimenta, e balas de borracha contra a comunidade para realizar Reitegração de Posse de Terras indígenas no Bem Querer de Baixo- Vídeos, imagens e depoimentos





RELATO DE ISABEL CRISTINA DA SILA (MORADORA DO BEM QUERER DE BAIXO)



RELATO DO SENHOR HELENO (MORADOR DO BEM QUERER DE BAIXO)



O  medo, a dor e a tristeza, dominou o lugar da paz, da tranquilidade e da alegria, dos moradores do Bem Querer de Baixo, comunidade rural, na cidade de Jatobá-PE, a mesma está em área indígena, na qual a lei disse que os índios tem os seus direitos de tê-la de volta.  

Índios e poceiros, já vivem a muitos anos, esse conflito de forma pacífica. Mas na manhã desta quinta-feira 13.09, essa paz foi quebrada, quando a Polícia Federal com a sua tropa de elite, o COT (Comando de Operações Táticas), veio a comunidade para realizar a reintegração de posse, e retirar da área, 12 famílias.

Mas o que até então, era na conversa amigável e nos tramites da lei, passou a ser pela força, pelo abuso de poder da lei. Com homens treinados, para atuar em situações ao extremo, se preciso em um campo de guerra. Agiram com bombas de gás lacrimogêneo, balas de borrachas, Spray De Pimenta, e todo um trenamento que se usa contra perigosos e fortes inimigos, contra uma comunidade indefesa, de homens e mulheres, que vivem da agricultura e da pecuária, de conversas no fim de tarde, das rezas do domingo pela manhã, de meninos livres a brincar.

Tudo isso para retirar 12 famílias. A comunidade disse que nada fez contra a ação da polícia. A não ser ir para a casa de um dos lideres da comunidade, o senhor Eraldo, quando a casa do mesmo, estava sendo tomada por polícias, participantes da operação. 

"A polícia, por sua vez, diz que foram os moradores que com pedras, atentaram contara a vida dos polícias, a relatos pelos mesmo, de moradores com facões. E só assim veio a reação da polícia, de forma ostensiva com objetivo de defesa, para o qual são treinados. Disse o comante da operação".


VEJAS IMAGENS DA COMUNIDADE E DA POLÍCIA FEDERAL NO LOCAL


OBS: Há dois polícias federais, na porta da Igreja.
A igreja é o local aonde a comunidade se reúnem, para além de momentos religiosos, e reuniões da comunidade. Mas estavam impedidos de entrar, mostrando assim, o abuso de poder, e a falta de respeito ao credo das pessoas.







  Polícia do COT

























CASAS NA COMUNIDADE 







MAIS IMAGENS 





a qualquer momento mais informações 









Nenhum comentário:

Postar um comentário