PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

terça-feira, 7 de agosto de 2018

A Prefeita de Petrolândia-PE Jane Souza junto com lideranças dos assentamentos Miguel Arraes, Januário Moreira e Vila Nova comemoram a chegada da equipe do ITERPE no município



Prefeita de Petrolândia-PE Jane Souza comemora junto com lideranças dos assentamentos Miguel Arraes, Januário Moreira e Vila Nova a chegada da equipe do Iterpe para conclusão de cadastros dos assentados para a regularização da posse das terras.

A presença do Instituto de Terras de Pernambuco em Petrolândia de hoje até a próxima sexta-feira é fruto de uma articulação das associações dos assentamentos junto a Prefeitura de Petrolândia, do INCRA, do Vereador Sílvio Rogério, dos Deputados Augusto Coutinho e Alberto Feitosa no dia 19/07/2018 com o Presidente do Iterpe André Negromonte em Recife e visa realizar o sonho de centenas de famílias em receberem os títulos de posse de suas propriedades.

“O trabalho dos técnicos do Iterpe órgão do Governo de Pernambuco conta com a parceria total da Prefeitura de Petrolândia, das associações dos assentamentos e do INCRA e faz parte do início da estratégia do nosso governo em firmar parcerias para regularização fundiária em toda área rural e urbana de nosso município”, afirma a Prefeita Jane Souza.


 Informações/Foto: Rogério Viana 

___________


Um comentário:

  1. Só acho interessante, fala em familias chega quem ta lendo se comove, se nao souber o que se passa aqui, é um "sem terra" de "rico", pois eu no meu entender me corrija se eu tiver errada sem terra é quem não tem terra certo? Mas a maioria das "familias" que conseguiram lá tem seus lotes irrigados, tem casa na agrovila e tem deles que tem até mais de uma casa! Sem falar que muitos que ganharam isso nunca nem pisaram o pé lá! "Representantes" que tem seus ajeitadinhos mas so ajeita a quem já tem!, isso deveria ter uma fiscalização mais detalhada e que fizesse uma entrevista nas agrovilas onde o povo do "sem terra" pertecem, que ai perguntando aos de fora eles saberiam quem tava lá que realmente necessita disso ou só está lá por ganância! Tem muita gente aqui no projeto que realmente precisa, trabalham de lugado nos lotes dos outros pq nao tem terra para plantar, uns vivem de aluguel outros de favor e outros de invasão de casas abandonadas na agrovila! Estes sim mereciam, e nao tem um terço desses nesse "sem terra" que maioria tem terra e casa pra viver.

    ResponderExcluir