PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

quarta-feira, 2 de maio de 2018

ALERTA: Jovem é sequestrada e violentada durante 4 dias por amigo que conheceu no Facebook

Segundo informações da polícia, há suspeita que mais pessoas participaram do abuso

Por Blastingnews
02.05.2018



As redes sociais podem ser um lugar maravilhoso, com muitas informações para ler, conversar com amigos e, geralmente, ficar em sintonia com o que está acontecendo no mundo. No entanto, tem um lado escuro e muitas pessoas aprenderam isso da maneira mais difícil. Em um caso angustiante, uma menina foi sequestrada por um homem com o qual fez amizade no Facebook e estuprada por cerca de quatro dias. 

De acordo com a imprensa da Índia, uma adolescente de 16 anos estava a caminho da escola no dia 24 passado quando seu amigo do Facebook a encontrou e ofereceu-lhe carona em sua motocicleta. O acusado, identificado como Pankaj Dhobi, de 22 anos, levou a adolescente para a periferia da cidade de Rangbadi, onde se encontrou com o amigo Dinesh Lodha, de 25 anos, que já havia deixado uma casa preparada para o sequestro.

Vítima é mantida em cativeiro por 4 dias e sendo violentada sexualmente

A dupla manteve a estudante confinada no quarto e a estuprou por quatro dias seguidos sem parar. A vítima, no entanto, conseguiu escapar e chegou em casa. Ela contou aos pais sobre o sequestro.

A família foi até uma delegacia de polícia e registrou uma queixa contra os acusados. Os suspeitos foram presos algum tempo depois. A adolescente, enquanto isso, foi examinada e levada para o Comitê de Bem-Estar da Criança.

Polícia suspeita que mais pessoas participaram do crime

Ela foi enviada para uma casa de abrigo e é provável que fique lá até sua declaração antes do depoimento diante de um juiz, explicou Pratap Rao, o subinspetor da delegacia de RK Puram, na Índia. A polícia acredita que havia mais pessoas envolvidas no crime, o que deverá ser confirmado pela vítima quando prestar depoimento.

Este não é o primeiro incidente desse tipo em que um amigo do Facebook se tornou um predador sexual. Em fevereiro, uma mulher de 20 anos foi estrangulada por recusar a ter relações íntimas com um amigo online em Mumbai, também na Índia.

Haridas Nirgude fez amizade com a jovem através do Facebook. Os dois conversavam através da rede social e desenvolviam um sentimento um pelo outro. No entanto, quando a mulher foi ao encontro do acusado, ele a forçou a manter relação sexual.

Quando ela se recusou, Nirgude a teria matado. O crime veio à tona somente quando o vizinho do acusado encontrou o corpo na escada do prédio. O rapaz foi preso pela polícia. Nirgude admitiu o crime no interrogatório, informou o jornal Times of India.


Nenhum comentário:

Postar um comentário