sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Mais de 12 mil empresas correm o risco de ter o registro cancelado em Pernambuco


Empresas consideradas inativas tem até 28 de fevereiro para comunicar funcionamento à Jucepe. Regularização pode ser feita online.

Por Cacyone Gomes, TV Globo


Cerca de 12 mil empresas que não realizaram nenhuma ação ou alteração nos últimos 10 anos correm o risco de ter o registro cancelado pela Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe) até o fim do mês de fevereiro. Para não perder o registro empresarial, os donos precisam realizar uma comunicação de funcionamento junto ao órgão. (Veja vídeo acima)


"Por estarem há 10 anos sem movimentação, para a Jucepe elas estão inativas. Então, temos que fazer esse cancelamento de empresas, com o objetivo de atualizar o cadastro nacional das empresas mercantis e ampliar o número de nomes que podem ser usados para abrir uma empresa", explica a presidente da Jucepe, Taciana Bravo.

A relação com o nome das empresas que estão há 10 anos ou mais sem dar entrada em qualquer documento pode ser consultada no site da Jucepe. O prazo de regularização vai até o dia 28 de fevereiro.



Para se regularizar, o empresário deve comunicar que deseja manter a empresa em funcionamento, paralisar temporariamente as atividades ou, ainda, arquivar alteração contratual em caso de modificação dos dados da empresa.

Cancelamento por inatividade há 10 anos pode ser feito no site da Jucepe (Foto: Reprodução/Jucepe)


Como fazer

O comunicado pode ser feito online. Na aba de 'Cancelamento 2018', o empresário pode filtrar o nome da sua empresa por meio do ano de cancelamento, do município e do Número de Identificação no Registro de Empresas (Nire) ou Razão Social. É necessário realizar, ainda, o pagamento de uma taxa de R$ 86 para se regularizar.

Quem não cumprir as exigências no prazo, terá o registro empresarial cancelado administrativamente, a empresa será declarada inativa e perderá automaticamente a proteção do nome empresarial.
___________
"O cancelamento gera a perda do nome empresarial. E para uma empresa que fez seu nome por 10 anos, não é bom perder o nome. Então é importante regularizar", destaca Taciana Bravo.

Após o cancelamento, que se baseia na Lei Federal 8.934/1994, a Jucepe comunica automaticamente às autoridades arrecadadoras – Receita Federal, Receita Estadual, INSS e Caixa Econômica Federal.

A Junta Comercial de Pernambuco fica localizada na Rua Imperial, nº 1600, no Bairro de São José. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (81) 3182.5255.

Sede da Junta Comercial de Pernambuco, no Recife (Foto: Divulgação/Jucepe)


Nenhum comentário:

Postar um comentário