quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Sem receber há dois meses, funcionários da Upae Caruaru entram em greve

Secretaria Estadual de Saúde informou que nos próximos dias será feito um repasse para a unidade. São 192 profissionais divididos entre enfermeiros, serviços gerais, médicos e recepcionistas.

Por G1 Caruaru

Funcionários entraram em greve nesta terça-feira (2) (Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

Os funcionários da Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (Upae) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, entraram em greve. Os servidores protestaram em frente ao hospital na tarde de terça-feira (2) reivindicando dois meses de salários atrasados.

São 192 profissionais divididos entre enfermeiros, serviços gerais, médicos e recepcionistas. "Infelizmente os compromissos chegam. Conta de luz, IPTU e inúmeras contas. Mas o nosso salário não. Nada do nosso salário entrar", lamenta a técnica em enfermagem Thamires Pacheco.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que "nos próximos dias será feito um repasse para a unidade. A Secretaria reforça ainda que está trabalhando e que não tem medido esforços, mesmo diante da grave crise econômica que atinge todo o país, para regularizar o pagamento às unidades que prestam serviço para a rede estadual. Por fim, a SES reitera que vem dialogando com a unidade para que a situação seja resolvida de maneira rápida e responsável, com a garantia do atendimento à população".

Nenhum comentário:

Postar um comentário