quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

FLAMENGO: Conmebol adia decisão sobre Fla por episódios na Sul-Americana

Em comunicado oficial, a organização afirmou que o seu Tribunal Disciplinar deverá emitir sua decisão "nas próximas semanas"

POR FOLHAPRESS
Via: Notícias ao Minuto 

REUTERS/Ricardo Moraes

Após reunião na tarde desta quarta-feira (10), a Conmebol decidiu adiar o julgamento do Flamengo pelos episódios de violência ocorridos no Maracanã, depois da final da Copa Sul-Americana vencida pelo Independiente, em dezembro do ano passado.

Em comunicado oficial, a organização afirmou que o seu Tribunal Disciplinar deverá emitir sua decisão "nas próximas semanas". A expectativa era de que a resolução saísse entre os dias 8 e 12 de janeiro.

"Estiveram presentes os membros do Tribunal Disciplinar da Conmebol Eduardo Gross Brown (Paraguai), estiveram presentes. (Paraguai), Amarilis Belisario (Venezuela) e Juan Carlos Silva (Chile). Na representação do Flamengo participou o advogado Pedro Fida", informou a nota.

No dia 22 de dezembro de 2017, a defesa do clube rubro-negro havia entregado seus argumento à Conmebol, além de uma audiência presencial na Unidade Disciplinar da entidade, no Paraguai, para esclarecer o caso.

O clube carioca pode sofrer punições que vão desde advertência, multa de US$ 400 mil, perda de mando de campo, obrigação de tirar partidas do país e até exclusão de competições.

O Flamengo foi denunciado pelo Tribunal de Disciplina da Conmebol em dois artigos. O 11.2 trata de lançamento de objetos em campo, uso de fogos de artifício, falta de ordem antes, durante e após a partida, além da não identificação de causadores de agressões e tumultos.

No regulamento da Copa Sul-Americana, o clube terminou denunciado no aspecto que trata da segurança da partida e responsabilidade por organizá-la. Também houve denúncia sobre os episódios violentos na porta do hotel que recebeu a delegação do Independiente. Com informações da Folhapress. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário