PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Garanhuns tem um orçamento de R$ 340 milhões para 2018

Governo Municipal terá até 5 de outubro para enviar à Câmara o Plano Plurianual e a Lei Orçamentária Anual.


Por G1 Caruaru

📷Informações da LDO foram apresentadas na Câmara (Foto: Divulgação/Assessoria )


Uma audiência pública na Câmara Municipal de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, debateu na manhã desta segunda-feira (28) o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (2018). O secretário executivo de Planejamento e Gestão, Wellington Medeiros, detalhou cada um dos pontos do documento, entregue aos vereadores no dia 1º de agosto e que tem como prazo máximo para a aprovação o dia 31 do mesmo mês, próxima quinta-feira.

“A LDO é um ‘documento meio’ que fica entre o Plano Plurianual - que é de quatro anos e o Orçamento Anual. É uma Lei de diretrizes, prevista através de estudos via Contabilidade que indicam uma previsão de receitas e despesas para o ano seguinte e diz quais são as regras que serão aplicadas para a realização do orçamento público no ano que vem”, detalha.

O secretário disse ainda que as receitas e despesas do Governo Municipal vêm sendo propostas na mesma proporção. Em 2017 foram previstas receitas e despesas na ordem de R$ 336 milhões e para 2018 a previsão é de R$ 340 milhões. “São todas as receitas legais, nos âmbitos federal, estadual e municipal, por isso que dizemos que é uma estimativa”, completa.

Após o prazo-limite para aprovação da LDO 2018, o Governo Municipal terá até 5 de outubro para enviar à Câmara o Plano Plurianual e a Lei Orçamentária Anual, que serão feitos mediante os ditames, parâmetros e diretrizes que foram aprovados na LDO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário