segunda-feira, 7 de agosto de 2017

CRISE NO TRÁFICO: Jovens que trabalham para o tráfico estão há dois meses sem receber em morro do Rio



POR ANCELMO GOIS 06/08/2017 07:00
Fonte: O GLOBO


Não ‘tá’ fácil para ninguém

Os jovens que trabalham para o tráfico do Morro da Babilônia, no Leme, na Zona Sul do Rio, estão sem receber há quase dois meses.

Babilônia e Chapéu Mangueira, no Leme | Marcelo Carnaval

Complemento: 


TEXTO PARA REFLEXÃO 

- "i" Agora "Temé"?

"Ter paciência? Ou procurar algum sindicato?" 

Em um governo aonde tudo termina no desejo do presidente da república, com uma grande quantia gasta para manter-lhe no poder.
Será que essa crise deixará mais jovens do tráfico desempregados? emprego este que todos os dias leva crianças, adolescentes e jovens para a vala do esquecimento e da dor, e com eles famílias são destruídas, e o governo e seus aliados não estão nem preocupados.
Mas alguém pode dizer: - Mas o tráfico não é culpa do governo? De fato não disse isso! "Mas não tiro dele, o governo, sua grande fatia de culpa, nesta pizza estragada, que embrulha o estômago do nosso Brasil. Só me apontem os culpados.

por Alexandre Sertão

Um comentário:

  1. Pera ae rapaz! É sério isso?! Você está dizendo que esses vagabundos bandidos merecem atenção do Estado?! E desde quando TRAFICAR DROGAS é trabalho?! Por acaso tem carteira assinada agora de TRAFICANTE?! QUE ABSURDO!! Que péssimo blog esse seu. Você deveria sentir vergonha de escrever algo assim! Procure escrever sobre os trabalhadores de verdade e honestos desse país que estão sem receber ao invés de ficar protegendo BANDIDOS! "JOVENS"! Traficantes, bandidos, isso sim! Traficar não é trabalho, rapaz

    ResponderExcluir