quinta-feira, 20 de julho de 2017

Deputado ensina como pedir cargos e verbas a Temer: Faço cara de coitadinho




O presidente Michel Temer (PMDB) toca a todo vapor a barganha de oferecer cargos a parlamentares em troca de votos na Câmara dos Deputados, onde será votada, no próximo dia 2, a denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o peemedebista por crime de corrupção passiva. 

Na tentativa de salvar a pele do mandatário nacional, o Palácio do Planalto tenta converter dissidentes. Recepcionado por Temer diversas vezes nas últimas semanas, o deputado federal paraense Wladimir Costa (SD) não pede segredo e conta abertamente como funciona o "toma lá, dá cá".

"Somente alguns parlamentares hipócritas não vão assumir, mas é óbvio que, após a reunião com o presidente, a gente vem com aquela história: 'Mas, presidente, eu gostaria de trazer demandas do estado, do município, do governo do estado'. A gente aproveita o barco e pede. 

Na realidade, não é o governo que está atrás disso, os parlamentares é que estão procurando, pedindo audiência, aproveitando a oportunidade. O Temer tem que ser assim. Aos amigos, as flores; aos inimigos, coroa de espinhos", disse o congressista, conforme publicação do jornal O Globo.

"Ele não propõe nada, ele pede apoio, mostra cópia da denúncia, diz que é inócua, mas não oferece nada. Vai que alguma pessoa queira gravá-lo novamente numa situação dessas. Ele diz que vai ver o que pode fazer. 'O que for possível ajudar no seu estado, vamos fazer'. Ele vê quais são os ministérios, quem pode resolver. O presidente encaminha. Faço cara de coitadinho para ele", disse.

Blog: O Povo com a Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário