sábado, 25 de março de 2017

Temer se irrita e não fala sobre acusações a Padilha

Presidente evitou comentar delações de ex-executivos da Odebrecht

 Estadão Conteúdo

O presidente Michel Temer (PMDB) se irritou ontem, em São José do Rio Preto (SP), ao ser questionado sobre as delações de ex-executivos da Odebrecht. Enquanto falava sobre a recuperação da credibilidade do País, ele foi interrompido pela pergunta de uma jornalista. "Você me dá licença para terminar meu raciocínio? Falamos disso depois", disse o presidente.

Logo depois, entretanto, questionado se as novas delações complicam a situação do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e do PMDB, Temer virou-se e se afastou, passando o microfone para o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB-PE).


Via Notícias ao Minuto
por ESTADÃO


Nenhum comentário:

Postar um comentário