segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Banhistas resgatam tubarão ameaçado de extinção em praia de Pernambuco

Tubarão-lixa foi encontrado em Ponta de Pedras, no município de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. Segundo banhistas que efetuaram o resgate, animal era dócil e aparentava ter cerca de dois metros de comprimento.

Tubarão-lixa foi encontrado em Ponta de Pedras, em Goiana, no Litoral Norte de Pernambuco (Foto: Reprodução/WhatsApp)

banhistas da praia de Ponta de Pedras, no município de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, se surpreenderam com um tubarão-lixa na areia na tarde do sábado (18). Através de imagens enviadas ao WhatsApp da Globo, é possível ver que o animal fica parado na areia enquanto alguns homens tentam carregá-lo de volta para o mar. 

(Veja o vídeo, no momento em que banhista leva o dubarão de volta para o mar)


Levamos cerca de dez minutos para levar o tubarão de volta para o mar porque ele era muito pesado e só tinham três pessoas ajudando”, conta o motorista de táxi Hermínio Barbosa, que participou do resgate. Segundo ele, o animal não aparentou agressividade durante o manuseio dos banhistas. Ainda de acordo com o motorista, o animal aparentava ter cerca de dois metros de comprimento.

Procurado pelo G1, o pesquisador do departamento de pesca da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Jonas Rodrigues, explicou que a espécie está ameaçada de extinção, mas, ainda assim, é comum no litoral pernambucano. “O fato de o tubarão estar na areia pode ter sido motivado por pesca predatória ou por algum tipo de anormalidade que ocorreu com o animal”, sugere.

Ainda de acordo com Rodrigues, os únicos registros de ataque ligados à espécie aconteceram após pescas predatórias. “Essa é uma espécie extremamente dócil e costuma interagir bem com os seres humanos, porém, se for provocada, pode atacar”, esclarece. Segundo o pesquisador, o animal pode chegar a até quatro metros de comprimento.


Por G1 PE
19/02/2017 16h40  

Nenhum comentário:

Postar um comentário