PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

35 Cães são mortos em Parnamirim, Sertão de Pernambuco

Cães foram encontrados durante o fim de semana pelos moradores Reprodução/Facebook (04.02)

O Crime foi denunciado opor meio das redes sociais pela presidente 
do Movimento Defesa Animal de Pernambuco, Goretti Queiroz 

Cerca de 35 cachorros de rua foram encontrados mortos no fim de semana na cidade de Parnamirim, Sertão de Pernambuco. Segundo informações dos moradores, os animais teriam sido envenenados e foram encontrados espalhados em várias ruas do município. Matar cachorro ou qualquer outro animal é crime e está previsto no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, com risco de detenção de três meses a um ano e multa.

Reprodução facebook

Reprodução facebook

Reprodução facebook
De acordo com Goretti Queiroz, presidente do Movimento de Defesa Animal de Pernambuco, a obrigação de cuidar desses animais que vivem nas ruas em vida e após a morte é da prefeitura. “O Poder Executivo precisa cumprir sua função como tutora legal desses animais não-domesticados. Crimes desse porte precisam ser investigados pelo Ministério Público e punidos severamente”, explica. A moradora Barbara Costa já se dispôs a fazer a denúncia no órgão. “Estive lá logo pela manhã e a promotora ainda não havia chegado. Voltarei a tarde para efetivar a denúncia”, afirmou.

Reprodução facebook
A Prefeitura de Parnamirim informou que os animais de rua mortos foram recolhidos e incinerados, e que está em busca de recursos para construir um centro de zoonose, para resgatar, cuidar e colocá-los para adoção posteriormente. Para Goretti Queiroz, o Legislativo falhou, "Antes da incineração, os corpos deveriam ter sido enviados para a análise para descobrir a real causa da morte, se foi mesmo veneno e qual tipo. Se não todos os corpos, ao menos um. E se a cidade não tem suporte para fazer análise, deveria ter enviado para a Universidade Rural Federal de Pernambuco, que conta com um laboratório veterinário", finalizou.    


do JC Oline06 fevereiro, 2017 

Nenhum comentário:

Postar um comentário