PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

SAÚDE: Viver perto de zonas com muito trânsito aumenta risco de Alzheimer

Estudo aponta que os poluentes libertados pelos veículos 
podem ser os culpados pela ligação entre o risco de 
Alzheimer e viver num local com trânsito.

© iStock

Estudo realizado com mais de seis milhões de pessoas, durante 11 anos, mostrou uma associação entre a demência e viver perto de uma rua ou estrada principal muito movimentada.

De acordo com o estudo realizado por investigadores da corporação canadiana Public Health Ontario (PHO), viver perto de uma estrada que está muitas vezes congestionada aumenta o risco de Alzheimer e de outras formas de demência em mais de 12%.

Comparativamente com quem vive a 300 metros dessas estradas principais, quem vive a 50 metros do trânsito tinha um risco 7% maior de desenvolver demência.

E para as pessoas que viviam numa cidade grande e que nunca saíram (para morar) de uma localização urbana perto de uma estrada movimentada o risco de demência podia aumentar em 12%.

para quem morava a mais de 200 metros, não houve provas de uma relação com a condição.

Como reporta o Mirror, os cientistas apontam que a exposição prolongada à poluição do ar e ao barulho do trânsito pode contribuir para o encolhimento do cérebro e danos mentais.

Outros resultados do estudo sugeriram uma relação entre a demência e a exposição a dois poluentes de comuns no trânsito - dióxido de nitrogênio e partículas finas de fuligem geradas por motores a diesel.



Fonte: Notícias ao Minuto 
      POR VÂNIA MARINHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário