segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Homem que esfaqueou Valdemiro Santiago revela motivo da tentativa de homicídio

Líder da Igreja Mundial do Poder de Deus foi esfaqueado durante culto na manhã deste domingo.

Homem fere pastor Valdomiro e vai preso (Foto: Jonathan Gomes Higino)

Foi noticiado, nesse domingo (8), nos principais sites e jornais do país, o violento ataque que vitimou um dos maiores líderes religiosos do país, Valdemiro Santiago. Durante a pregação, o #Pastor recebeu um golpe de facão na região do pescoço, causando-lhe um grave ferimento grave. O homem que deu o golpe foi preso e conduzido à delegacia de polícia. Ele disse aos policiais que, há alguns dias, o pastor havia lhe provocado.

Valdemiro Santiago é um dos principais líderes religiosos do país. Fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, atrai multidões de pessoas de todos os cantos do Brasil. Em seus cultos, o pastor sempre convida alguns fieis para falarem de alguma graça ou cura que tenham recebido. Relatos como esses fazem com que o pastor sempre fique em destaque na mídia nacional. Todavia, hoje, não foi isso que o fez ganhar as manchetes dos jornais. Durante um culto realizado na igreja no Brás, centro de São Paulo, o pastor foi atacado por um homem enfurecido que lhe causou grave ferimento no pescoço. Mesmo após ferido, Valdomiro insistiu para continuar com o culto, mas foi convencido a procurar um hospital.

O homem que feriu o pastor se chama Higino. Em depoimento à polícia, disse que há alguns meses atrás, o pastor havia lhe provocado durante um culto. Segundo o homem, o pastor disse: “Vamos crucificar ele”. Perguntado onde arrumou a arma do crime, confessou que entrou dentro de uma residência em Santana no Parnaíba e pegou o objeto.

Ainda no hospital, Valdomiro gravou um vídeo falando sobre a violência sofrida. Ao lado da sua esposa, a bispa Franciele Santiago, o pastor disse que se lembra do momento que recebeu o golpe. Ele fala que estava "ouvindo o milagre" de um membro da igreja e o homem chegou por trás e lhe deu uma facada. Mas, ele acredita que essa não era sua hora de morrer. “A gente só vai quando Deus quer. Voltei pra vocês, em nome de Jesus", declarou.

O pastor falou também que não conhece a pessoa que o feriu, porém, independente de quem seja, diz que a perdoa. No vídeo, pode-se observar que o pastor ainda está fragilizado com o ataque, porém, não corre risco de vida.


Fonte: Blasting News
           

Nenhum comentário:

Postar um comentário