terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Gilmar Mendes sugere impeachment de Marco Aurélio

Ministros do STF discordam sobre afastamento do presidente do Senado, Renan Calheiros

DR

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes afirmou que o o colega de Corte Marco Aurélio de Mello deveria ficar inimputável ou sofrer impeachment após decisão favorável ao afastamento do presidente do Senado, Renan Calheiros.

As informações são do Blog do Moreno, do jornal O Globo desta terça-feira (6).

Sobre o assunto teria dito, ainda, que "no Nordeste se diz que não se corre atrás de doido porque não se sabe para onde ele vai".

Ainda de acordo com o colunista, Mendes vem criticando a postura de Mello por tomar uma decisão importante sem consultar seus pares. Em conversas particulares, Gilmar teria dito que "não se afasta o presidente de um poder por iniciativa individual e com base em um pedido de um partido político apenas, independentemente da sua representatividade", o que acredita não ser o caso da Rede.

Fonte: Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário