sábado, 15 de outubro de 2016

Irmãos siameses são separados após cirurgia de 27 horas

A operação foi conduzida por James Goodrich, considerado um dos maiores especialistas nesse tipo de cirurgia. 

                   Reprodução / CNN

Nasceram há 13 meses nos EUA unidos pela cabeça. Eles tiveram que passar por uma cirurgia que durou cerca de 27 horas, iniciada na manhã de quinta e finalizada nesta sexta-feira (14), no Bronx, em Nova York.

De acordo com a Folha de S. Paulo, só a operação para separá-los durou 16 horas –o restante foi para reconstruir os crânios dos dois, de acordo com a rede de TV americana CNN, que acompanhou o caso com exclusividade.

Esse foi seu sétimo e mais longo procedimento –e apenas a 59ª separação de crânio no mundo desde 1952.

Não operá-los, porém, também implica em riscos. Cerca de 80% dos bebês unidos pela cabeça morrem de complicações médicas até os dois anos se não forem separados, segundo o estudo

FONTE: Notícias ao Minuto
Via: Blog Petrolândia em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário