PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Reino Unido anuncia muro para barrar migrantes em Calais

Construção de barreira de quatro metros de altura no norte da 
França faz parte de pacote de segurança firmado entre Londres e Paris.

Construção de barreira de quatro metros de altura no norte da França faz parte de pacote de segurança firmado entre Londres e Paris (Foto: Michel Spingler/AP)

O Reino Unido afirmou nesta quarta-feira (7) que terá início neste mês a construção de um muro ao longo da estrada de acesso ao porto de Calais, no norte da França, para impedir que migrantes atravessem o Canal da Mancha.

A barreira de concreto deve ter quatro metros de altura e ser erguida em ambos os lados de um trecho da estrada com um quilômetro de extensão. A medida faz parte de um pacote de segurança de 23 milhões de dólares acordado entre Londres e Paris em março.

Segundo o ministro do Interior britânico, Robert Goodwill, a obra deve começar "em breve". "Nós fizemos a cerca e agora vamos erguer o muro", afirmou.
Milhares de migrantes que vivem no acampamento ilegal no norte da França, a maioria do Oriente Médio e do norte da África, tentam diariamente entrar em caminhões ou trens para atravessar o Canal da Mancha em direção ao Reino Unido. Muitos vivem num acampamento improvisado e superlotado conhecido como "Selva de Calais".

Na semana passada, o ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, prometeu remover completamente o acampamento. Apesar de repetidas promessas de ministros franceses de evacuar o local, a "Selva" ainda abriga em torno de 7 mil pessoas.
As autoridades já reforçaram a presença policial na região e instalaram cercas de arame farpado para impedir que os migrantes cheguem aos trens que trafegam no Eurotúnel, ao porto e à estrada.
Em desespero, migrantes tentam formas cada vez mais perigosas de atravessar o Canal da Mancha. Segundo a ONG Albergue dos Migrantes, ao menos 11 pessoas morreram neste ano, sete deles nas ferrovias.


Nesta segunda-feira, caminhoneiros, agricultores e empresários locais bloquearam uma importante rodovia na região de Calais, em protesto contra as tentativas dos migrantes de se esconderem nos caminhões para atravessar o Canal da Mancha.

Fonte:
Da Deutsche Welle
Do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário