PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Militares da Força Nacional são atacados e baleados por traficantes no Complexo da Maré na tarde de Ontem, (10.08) - Rio de Janeiro

A Notícia
Homens da Força Nacional são baleados em favela do Rio de Janeiro
Um dos soldados foi atingido na cabeça, passou por cirurgia e está internado em estado grave. Outros dois soldados ficaram feridos.
Militares da Força Nacional, que estão no Rio de Janeiro para fazer a segurança da cidade, foram atacados ao entrar, por engano, em uma favela do Complexo da Maré. Um soldado está internado em estado grave.
O soldado Hélio Andrade está internado em um hospital na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele chegou em estado grave, depois de ter sido baleado na testa e perder muito sangue. O soldado passou por uma cirurgia que durou quatro horas e meia. O estado de saúde dele é considerado estável, mas as próximas 24 horas serão decisivas.
Hélio Andrade é de Roraima e  está no RJ desde o ano passado, em missão pela Força Nacional de Segurança. No vídeo da reportagem, você pode ver imagens que mostram o momento em que ele foi socorrido. O capitão Alen Marcos Rodrigues, do Acre, também estava no carro e foi atingido por estilhaços de bala. Ele gravou um áudio para avisar que estava ferido:
ALEN RODRIGUES: - Eu fui atingido. Capitão Alen foi atingido. O motorista foi atingido e tem um outro combatente também, ele tá atingido, ele ficou fora da viatura. Eu saí, corri. Tinha uma equipe do exército lá perto.
O capitão Alen foi transferido para outra unidade durante a noite e não corre risco de morrer. O soldado Rafael Pereira, do Piauí, nada sofreu. Os três integrantes da Força Nacional seguiam pela na Linha Amarela e erraram o caminho quando tentavam pegar uma outra via expressa: a Linha Vermelha. Acabaram entrando na Vila do João, no conjunto de favelas da Maré, uma das áreas mais perigosas da cidade. A Polícia Civil já fez uma perícia no local do tiroteio.
"Tivemos essa intercorrência, esse lamentável e covarde ataque à Força Nacional, que acabou errando o caminho e se desviando de um caminho. Nós já estamos, não só com forças de inteligência, identificando as pessoas. Já identificamos duas pessoas, e vamos atuar para prender essas pessoas rapidamente", declara Alexandre Moraes, ministro da Justiça.
Fonte: Do G1 RJ (Eduardo Tchao)
Acompanhe o vídeo a baixo, no momento em que os soldados foram socorridos. 




Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=W3SNYQfZhA8

Nenhum comentário:

Postar um comentário