PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

MP pede condenação de Lula na ação do sítio de Atibaia

Ex-presidente é acusado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Por Folhapress
Via: Notícias ao Minuto 
13.11.2018

© Ueslei Marcelino/Reuters

Em alegações finais apresentadas na noite desta terça-feira (11.13) à Justiça, o Ministério Público Federal pediu a condenação do ex-presidente Lula pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, na ação que julga as reformas realizadas no sítio de Atibaia (SP), frequentado pelo petista.

As obras foram pagas pela Odebrecht e OAS e pelo empresário José Carlos Bumlai, de acordo com a denúncia, com recursos desviados de contratos da Petrobras. Folha revelou detalhes sobre a relação das empreiteiras com as obras do sítio em janeiro de 2016.

Para os procuradores, o ex-presidente "capitaneou o esquema criminoso", e, "de modo consciente e voluntário", dissimulou a origem dos valores investidos nas reformas e ampliações do sítio, que era de propriedade dos empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuna.

No total, foram gastos R$ 1,26 milhão nas obras, segundo laudo da PF.

O ex-presidente nega as acusações, diz que não era dono do local e afirma ser perseguido politicamente pela Operação Lava Jato.

A Procuradoria volta a sustentar que Lula e a ex-primeira-dama Marisa Letícia "portavam-se como proprietários de fato e possuidores do sítio de Atibaia", a despeito de o empresário Fernando Bittar, amigo da família e titular legal da propriedade, também ter demonstrado que exercia a posse do local.

Para o Ministério Público, as condições não são excludentes.

O MP também afirma que "não é crível" a narrativa de Lula ao sustentar que não sabia das reformas, dados os "constantes e incontroversos deslocamentos" que fazia até o sítio, usufruindo dos benefícios.

O ex-presidente atribuiu à mulher, morta em fevereiro do ano passado, o pedido pelas reformas, e disse que era "analfabeto" em relação ao tema.

A Procuradoria questiona o "incrível silêncio" entre ele e a mulher. Para o órgão, Marisa atuou "em nome dela e de Lula, o qual tinha pleno domínio da realização da reforma [...] com recursos espúrios".

Entre as provas apresentadas pela acusação, estão notas fiscais das reformas, depoimentos de testemunhas e comprovantes de reuniões entre Lula e os executivos da Odebrecht, da OAS e Bumlai.

A escolha da cozinha do sítio, por exemplo, segundo o MP, foi feita "de forma inconteste" por Lula e Marisa Letícia, segundo testemunhas.

Os procuradores afirmam que havia um "jogo de empurra" entre Lula e Bittar, cada um dizendo que o outro pagaria pelas obras, na tentativa de "criar uma narrativa fictícia para esconder a verdade dos fatos".

As alegações finais são a última etapa antes da sentença. Agora, as defesas irão apresentar as suas, e só depois a juíza substituta Gabriela Hardt dará a sua decisão.


OUTRO LADO

Em nota, a defesa de Lula afirmou que o Ministério Público não apresenta provas contra o ex-presidente, e pede a condenação "apenas com base naquilo que seus membros denominam de 'melhor explicação'". Para o advogado Cristiano Zanin Martins, não há qualquer prova que vincule os valores dos contratos da Petrobras com o sítio de Atibaia, "e muito menos com Lula".

O defensor também cita a negativa, por parte de Marcelo Odebrecht e Agenor Medeiros, da OAS, de que as vantagens indevidas tenham sido oferecidas a Lula em troca de favorecimento em contratos específicos da Petrobras, conforme consta na denúncia. Para Zanin, a construção do MPF foi feita com base em "narrativas de delatores que receberam generosos benefícios em acordos de delação", e que criaram um "imaginário 'caixa geral'" de propinas.

Segundo uma perícia contratada pela defesa, parte dos valores que teriam financiado a obra, bancados pela Odebrecht, foram destinados a um executivo da empreiteira, e não aos fornecedores das reformas. "Lula é vítima de lawfare, que consiste no mau uso e no abuso das leis e dos procedimentos jurídicos para fins políticos. Em um julgamento justo e imparcial, o ex-presidente deverá ser absolvido", afirmou o advogado. Com informações da Folhapress.


'Se tiver algo errado, que paguemos', diz Bolsonaro sobre Coaf

Presidente eleito comentou o assunto em uma transmissão ao vivo feita no Facebook, nesta quarta-feira (12.12)

Por Folhapress
Via: Notícias ao Minuto 
13.11.2018

© Reuters

Depois de evitar dar entrevistas em Brasília esta semana, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), admitiu ter um "problema pela frente" ao citar apuração que envolve um ex-assessor de seu filho, o senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ).

Em transmissão feita pelas redes sociais na noite desta quarta-feira (12), Bolsonaro nega que ele e o filho sejam investigados.
"Se algo estiver errado, que seja comigo, com meu filho, com o Queiroz, que paguemos aí a conta deste erro que nós não podemos comungar com erro de ninguém. Da minha parte estou aberto a quem quiser fazer pergunta sobre este assunto", afirmou.
Apesar de ter dito estar disponível para esclarecimentos, Bolsonaro rompeu nesta semana com o hábito de falar com a imprensa nos intervalos de suas agendas em Brasília.

Ele chegou à capital federal na segunda (10.12) para ser diplomado presidente em cerimônia no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e, desde então, não concedeu entrevistas como vinha fazendo desde o início da transição.

Um relatório do Coaf (Conselho de Controle das Atividades Financeiras) apontou movimentação atípica do policial militar Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio. De acordo com o órgão, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017.

O caso foi revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo e a reportagem afirma que uma das transações de Queiroz citadas no relatório do Coaf é um cheque de R$ 24 mil destinado à futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro.




Na transmissão desta quarta, Bolsonaro não menciona o cheque para a mulher. Ao site O Antagonista, na sexta-feira (07.12), ele disse que o valor era referente a uma dívida de Queiroz com ele mesmo e justificou o depósito para sua mulher por não ter tempo de ir ao banco.

Bolsonaro disse nesta quarta que o caso "dói no coração" e pede que seja esclarecido o quanto antes.
"Deixo bem claro que eu não sou investigado, meu filho Flavio não é investigado e, pelo que me consta, este ex-assessor nosso será ouvido na semana que vem, onde a gente espera que ele dê os devidos esclarecimentos pro que vem acontecendo", afirmou.
O presidente eleito disse que nem mesmo Queiroz era investigado "foi um vazamento que houve ali".

"Não sou contra vazamento, tem que vazar tudo mesmo. Nem devia ter nada reservado. Tem que botar tudo pra fora e chegar à conclusão. Dói no coração da gente? Dói porque o que nós temos de mais firme é o combate à corrupção. E aconteça o que acontecer enquanto for presidente, nós vamos combater a corrupção usando todas armas do governo. Inclusive com o próprio Coaf", afirmou.

O relatório envolvendo Queiroz foi produzido pelo Coaf como parte da Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato.

Deflagrada há um mês, a operação prendeu sete deputados da Assembleia do Rio, além de expedir novos mandados de prisão a outros três que já estavam detidos. Eles são suspeitos de receber mesada para apoiar o ex-governador do Rio Sérgio Cabral, condenado por corrupção. Flávio Bolsonaro, que é atualmente deputado estadual no Rio, não estava entre os alvos da operação. Com informações da Folhapress.

'Blocão' quer isolar PSL e PT da presidência da Câmara

Deputados fazem acordo para disputar comando da Casa contra Maia

Por Folhapress
Via: Notícias ao Minuto 
13.11.2018

© Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

Cinco deputados federais divulgaram nesta quarta-feira (12.12) carta em que formalizam uma união para disputar a presidência da Câmara com Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual ocupante do posto e candidato à reeleição em 1º de fevereiro.

Os parlamentares são todos de siglas que negociam a formação de um blocão para isolar o PSL de Jair Bolsonaro e o PT e ocupar os principais postos de comando da Casa, que também serão decididos em fevereiro.

Nem Maia nem os cinco oponentes prometem fazer oposição a Bolsonaro, mas tampouco se apresentam como candidatos oficiais do futuro governo. Nos bastidores, os articuladores políticos do presidente eleito trabalham contra a candidatura de Maia.

Assinam o documento os deputados Fábio Ramalho (MDB-MG), vice-presidente da Câmara, João Campos (PRB-GO), Capitão Augusto (PR-SP), JHC (PSB-AL) e Alceu Moreira (MDB-RS). Os nomes desse grupo têm maior simpatia da equipe de Bolsonaro.

Os dois primeiros são os reúnem, hoje, mais defensores. Na carta, eles declaram apoio mútuo àquele que conseguir passar para um segundo turno.

No BAIRRO NOVA ESPERANÇA

A eleição para a presidência da Câmara é secreta. Votam os 513 parlamentares. Além de ser o segundo na linha sucessória da Presidência, o presidente da Câmara tem o poder de decidir a pauta de votações do plenário, além de definir o enterro ou prosseguimento de eventual pedido de impeachment contra o presidente da República. Com informações da Folhapress.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Amanhecer com poesia: 'INVERNO', poeta Hiago Dantas

INVERNO

Noite Fria, o corpo quente em meio a gritos de dor,
A criança que nascera, homem se tornou.
O exterior verão, o interior inverno,
Esperar a primavera é o que tanto quero.
Quanto maior a demora, menor o tempo para chegar;
Quanto mais espero, menos terei que esperar.
Pois estou certo,
Que num tempo incerto,
Aquilo que está perto, virá.
Então vem e me aquece,
Me faz esquecer tudo o que me esquece,
Me traz o calor que só teus braços fornece.
Em meio ao inverno eu finalmente percebi
Que havia bem aqui
Um verão invencível dentro de mim.

Hiago Dantas

Hiago Dantas





terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Comissão da Câmara aprova fim do foro privilegiado

Aprovado pelo Senado em maio do ano passado, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) segue para análise do plenário da Câmara

Por Folhapress
Via: Notícias ao Minuto 


© Reuters


Em votação relâmpago, comissão especial da Câmara aprovou nesta terça-feira (11) proposta que extingue o foro especial por prerrogativa de função em caso de crimes comuns.

Aprovado pelo Senado em maio do ano passado, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) segue para análise do plenário da Câmara.

Com intervenção federal em vigor no Rio de Janeiro e em Roraima, o Congresso não pode votar alterações na Constituição. Com isso, a votação do texto em plenário vai ficar para 2019.


A proposta extingue o foro especial para todas as autoridades em crimes comuns, com exceção dos presidentes da República, da Câmara, do Senado e do STF (Supremo Tribunal Federal), além do vice-presidente da República. Estes continuariam a ser julgados pelo Supremo.

Todos as demais autoridades -incluindo ministros, parlamentares, governadores e prefeitos- poderiam ser processados na Justiça de primeira instância.

Pela legislação atual, ministros, senadores e deputados federais só podem ser julgados pelo STF. Já governadores e deputados estaduais só podem ser processados pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça).

O texto aprovado também extingue o foro privilegiado nos casos de crimes comuns cometidos pelo Procurador-Geral da República, por membros do Ministério Público da União, desembargadores dos Tribunais de Justiça e membros de Tribunais de Contas estaduais e municipais.

Para votar a proposta, os deputados fizeram um acordo para suspender as votações no plenário principal da Casa na tarde desta terça. Isso porque comissões não podem deliberar enquanto o plenário vota projetos.

Nesse intervalo, os membros da comissão se reuniram e aprovaram a proposta. A reunião durou menos de 30 minutos.

A tramitação da proposta foi iniciada no ano passado, depois que o STF começou a discutir a restrição do foro para parlamentares. Em maio deste ano, o Supremo decidiu restringir o foro especial para deputados federais e senadores. Com informações da Folhapress.




Temer diz ter ficado 'profundamente abalado' com tiroteio em Campinas

 
O presidente Michel Temer afirmou, por meio de sua conta no Twitter, ter ficado "profundamente abalado" com a notícia de que um homem abriu fogo dentro da Catedral Metropolitana de Campinas, no interior paulista, nesta terça-feira, 11.12.

Por Estadão
Via: Notícias ao Minuto

© Marcos Corrêa/PR

"Profundamente abalado pela notícia desse crime cometido dentro da Catedral de Campinas, apresento minhas condolências aos familiares das vítimas. E rezo para que os feridos tenham rápida recuperação", escreveu.

Um homem, de cerca de 35 anos, entrou na igreja e atirou contra 8 pessoas que estavam rezando no local por volta das 13 horas desta terça. Quatro pessoas morreram e as outras foram socorridas. Segundo a polícia, agentes entraram no local e dispararam contra o homem. Ele, então, teria caído no chão e se matado em seguida.

Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (11), o projeto de Lei do Senado que permite a pessoas físicas fazer doações ao Fundo Nacional do Idoso diretamente na declaração de Imposto de Renda. O texto estabelece que a doação ao fundo (federal, estadual ou municipal) será limitada a 3% do Imposto de Renda devido apurado na declaração. A matéria segue para sanção presidencial.

Atualmente, as doações a esse fundo podem ser deduzidas na declaração de ajuste, mas precisam ser feitas ao longo do ano e, somente quando da declaração, o contribuinte faz a soma para apurar o imposto devido. 

Pelo novo dispositivo, a doação poderá ser feita até o último dia de entrega da declaração de ajuste, com pagamento por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf). 

O texto prevê que a nova sistemática será aplicada a partir de 2020, referente ao ano-calendário de 2019. Todas as doações permitidas (fundos do Idoso e da Criança e do Adolescente e outras) sujeitam-se ainda ao limite global de 6% do imposto apurado. Para fazer jus à dedução do imposto a pagar ou ao aumento da restituição, o contribuinte deverá usar a declaração completa e não poderá entregá-la fora do prazo.

Se o contribuinte não pagar a doação na data do vencimento da primeira parcela do Imposto de Renda após a declaração de ajuste, o valor da diferença do imposto devido apurado nessa declaração deverá ser pago com os acréscimos legais previstos na legislação. Além da doação feita no ano da declaração, poderão ser feitas outras ao longo do ano-calendário anterior, como ocorre atualmente.

*Com informações da Agência Câmara

Por Agência Brasil 



Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, abre a exposição 1808 a 1818, A construção do reino do Brasil, na Biblioteca Nacional, dando início às comemorações dos 200 anos da Independência do Brasil - Fernando Frazão/Agência Brasil

Os 200 anos da independência do Brasil, dia 7 de setembro de 2022, começaram a ser comemorados com a abertura de  uma exposição na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, que foi aberta hoje (11). O  ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e a presidente da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Helena Severo, participaram da abertura da mostra, que traz  mais de 200 peças, incluindo fotos, gravuras, projeções e documentos históricos.

O ministro da Cultura disse que é importante o país começar, desde já, a discutir o significado da independência através de uma extensa programação cultural que ocorre pelos próximos anos e envolva a sociedade.

“Uma data da importância da independência precisa ser celebrada ao longo de um período grande, suficiente para que muitos eventos aconteçam, exposições, seminários, filmes, lançamentos de livros, para que a gente aumente a bibliografia. A ideia é exatamente que a gente possa dar início a esse processo e que seja o mais rico possível”, disse Sá Leitão.

Futuro do ministério

Segundo o ministro, o mais importante não é a existência independente do Ministério da Cultura, que no governo de Jair Bolsonaro deverá estar incluído no Ministério da Cidadania, chefiado por Osmar Terra, e que englobará também os ministérios do Desenvolvimento Social e Esporte.

“Acho normal o novo governo ter suas ideias e visões. O que eu tenho procurado fazer é compartilhar todas as informações a respeito do ministério, sua estrutura, os programas, as ações. E tenho procurado fazer uma defesa da instituição, da área e do acervo de programas e ações que realizamos, com intuito de fazer com que o novo governo enxergue a relevância estratégica da cultura. Eu acho que não é questão de ter ou não um ministério exclusivo, é uma questão de ter ou não uma política pública de cultura à altura da importância social e econômica do setor cultural”, disse Sá Leitão.

Segundo Sá Leitão, o importante é a relevância que se dará no próximo governo à política cultural. “Nós temos, no mundo, muitos exemplos de países que não têm ministérios da Cultura exclusivos e são referências em termos de política cultural. O que importa é justamente a importância, a relevância, que o governo dá à política cultural. Acho que nós estamos falando de um país, Brasil, que é riquíssimo nessa área e tem muitos ativos. Não ter uma política cultural à altura é um desperdício gigantesco e eu espero que isso não aconteça”, disse.

Avaliação

Sá Leitão avaliou que cumpriu sua missão à frente do Ministério da Cultura, destacou alguns projetos ainda serão entregues até o final do ano e defendeu a Lei Rouanet.

“Eu tenho a sensação do dever cumprido. Tudo o que foi planejado está sendo executado. Algumas entregas ainda serão feitas até o final do ano, algumas obras do patrimônio histórico, alguns centros culturais, alguns estudos de impacto econômico. Eu sou um entusiasta e um defensor da Lei Rouanet. Este estudo de impacto econômico, feito pela FGV, vai justamente demonstrar isso. O quanto a Lei Rouanet contribui para o desenvolvimento do Brasil, na forma de geração de emprego e renda. E como é um incentivo que tem uma performance melhor para o país do que outros incentivos. A indústria automobilística tem um incentivo fiscal 4,5 vezes maior e gera cinco vezes menos emprego do que a área da cultura”, disse o ministro, que falou com a Agência Brasil com exclusividade enquanto percorria a exposição.

Biblioteca Nacional

A presidente da FBN, Helena Severo, antecipou que os próximos desafios para a instituição são a reforma completa do seu sistema elétrico, que ela considera totalmente precário, e o prosseguimento da digitalização de seu acervo, possibilitando que ele seja acessado de qualquer parte do mundo pela internet. A exposição 1808–1818: A Construção do Reino do Brasil é gratuita e pode ser vista na Biblioteca Nacional, de segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 16h30.

Por Agência Brasil 


domingo, 2 de dezembro de 2018

Entardecer com poesia: 'PRIMAVERA', poeta Hiago Dantas

O Blog Sertão News Petrolândia, tem o prazer e a honra de lançar hoje (02.12) em nossa página o jovem poeta de Petrolândia - PE, Hiago Dantas. A partir de hoje, você conhecerá a poesia de Hiago, e de outros poetas. 

Faça seus comentários, compartilhem. Boa leitura! 


Primavera

Pensamentos... Vezes ficam, menos se vão,
Divide a vida, aumenta a solidão.
Às vezes é tão difícil distinguir entre dois mundos,
Pelo fato de ambos serem sombrios e escuros.
Por um instante, já sonhei ser notado ao menos uma vez,
Ó primavera, do poente à alvorada,
Das tuas estreitas floradas,
Caminho por esta estrada
Que um dia refez.
Para o meu amado Diário
Escrevo o que sou,
Dedico minha vida
A qual um dia salvou.
Ó primavera, do nascente ao poente
Tirou-me as correntes
Que me torturou.
Se as lágrimas vêm, você não é fraco
Quebranta-te agora, depois junta cada caco.
Dorme bem;
Pela manhã o sol te fará crescer,
E eu bem sei que pra você
Há um novo dia que irá renascer.

Hiago Dantas 

Hiago Dantas



O JUP - Jovens Unidos de Petrolândia realizará o 7° ano do "Projeto Natal dos Sonhos" no dia 25 de Dezembro de 2018





O Projeto leva uma tarde de sonho para as famílias de comunidades rurais do nosso município. Esse ano precisamos arrecadar 60 brinquedos e alimentos, para formar algumas cestas básicas.

Contamos com todos que queiram e possam colaborar com mais essa ação.


Estamos recebendo doações de:

♡ Brinquedos novos e usados;
♡ Materiais escolares;
♡ Alimentos;
♡ Calçados e roupas novas e usadas;
♡ Móveis novos e usados;
♡ Filtro de água; ♡colchões.

Vamos fazer desse Natal um "Natal de sonhos" para algumas famílias. 

Contamos com sua ajuda! 

Entre em contato conosco e faça a sua doação:     
  • (87) 996183680 - Rafaela 
  • (87) 996285754 - Anaiza 
  • (87) 996081900 - Sâmala 
  • (87) 9665-3014 - Patrícia

Informações/fotos/redação: JUP








Recursos para a construção da indústria de beneficiamento do pescado de Petrolândia-PE, já se encontra na conta da Cooperativa.






A Prefeita Jane Souza foi informada pela Diretoria do Prorural que os recursos do Governo do Estado e do Banco Mundial foram creditados hoje (30.11) na conta da Cooperativa Agroaquicola de Petrolândia. 

"Com os recursos em caixa o próximo passo agora é licitação." Comemora a Prefeita Jane Souza.

Matéria relacionada, para uma maior compreensão: Click a baixo. 



Informações/Fotos: Assessoria da Prefeitura de Petrolândia




sexta-feira, 30 de novembro de 2018

PF abre inquérito para investigar negócios suspeitos de Paulo Guedes

Apuração decorre de pedido feito em outubro pelo Ministério Público Federal em Brasília

Por Folhapress
Via: Notícias ao Minuto 

DR

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, por supostas fraudes em negócios com fundos de pensão patrocinados por estatais.

A investigação decorre de pedido feito em outubro pelo Ministério Público Federal em Brasília, que também abriu procedimento preliminar a respeito, com base em irregularidades apontadas pela Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar).

O caso foi antecipado pela Folha de S.Paulo.

A PF vai apurar se Guedes cometeu os crimes de gestão fraudulenta ou temerária ao captar, por meio de um fundo de investimentos, recursos de sete entidades de previdência complementar de empregados de empresas públicas.

Também será averiguada a hipótese de emissão e negociação de títulos sem lastros ou garantias suficientes.

Procurada pela reportagem, a defesa de Guedes disse que "reafirma a lisura de todas as operações do fundo que, diga-se de passagem, deu lucro aos cotistas, incluindo os fundos de pensão".

"Espera também que a investigação -agora corretamente conduzida no âmbito da Polícia Federal- apure as incoerências do relatório irregular produzido na Previc", afirmou.

Além do futuro ministro de Jair Bolsonaro, são alvo da apuração os administradores das entidades de previdência complementar.

Em seis anos, Guedes captou R$ 1 bilhão de fundos de pensão geridos por apadrinhados do PT e do PMDB. Entre eles, estão Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras), Funcef (Caixa) e Postalis (Correios), além do BNDESPar –braço de investimentos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

A PF já requisitou relatórios da Previc que embasam as suspeitas. O inquérito foi remetido à Justiça Federal em Brasília, com pedido para que tramite em sigilo. Guedes deve ser intimado a depor.

O caso ficará sob responsabilidade da chefe da Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros da Superintendência da PF em Brasília, delegada Dominique de Castro Oliveira, tida pelos pares como rigorosa tecnicamente.

No Procuradoria, a investigação é conduzida pelo procurador Alselmo Henrique Cordeiro Lopes, do grupo que dirige inquéritos e já denunciou vários executivos e agentes públicos por desvios em fundos de pensão e na Caixa Econômica Federal.

Está previsto para a próxima quarta (5) depoimento de Guedes à Procuradoria. Será a primeira vez em que ele falará a investigadores sobre as suspeitas.

Conforme os documentos da Previc, a BR Educacional Gestora de Ativos, de Guedes, lançou em 2009 dois fundos de investimento que receberam aportes das entidades de previdência.

O inquérito recém-instaurado mira um deles. Trata-se do Fundo de Investimento em Participações (FIP) BR Educacional, que obteve R$ 400 milhões entre 2009 e 2013 para projetos educacionais.

A suspeita é de que o negócio tenha sido aprovado sem avaliação técnica adequada e proporcionado ganhos excessivos ao economista.

A PF também analisa possíveis ilicitudes em aportes feitos pelos fundos de pensão no FIP Brasil de Governança Participativa, gerido por Guedes. Com base em relatório da área de auditoria do Funcef, o MPF já abriu investigação sobre esse caso. Por ora, não houve abertura de inquérito sobre o assunto.

No caso do FIP BR Educacional, um dos problemas apontados é que a empresa de Guedes recebeu no início do negócio comissão de 1,75% sobre o valor total subscrito (o compromisso de investimento), e não sobre a cifra efetivamente aportada. Isso teria gerado, logo na largada, despesas altas, de R$ 6,6 milhões, em favor do economista.

No primeiro ano após o investimento dos fundos, o dinheiro aplicado (cerca de R$ 62 milhões) foi injetado em uma única empresa, a HSM Educacional S.A., ligada a Guedes.

Na sequência, a HSM Educacional adquiriu de um grupo argentino outra companhia, a HSM do Brasil.

A Previc sustenta que foram pagos R$ 16,5 milhões de ágio pelas ações, possivelmente sem motivo razoável. A empresa não estava em operação no país e era somente uma marca.

O objetivo do empreendimento era gerar receita com eventos para estudantes e executivos. As empresas, porém, passaram a registrar perdas após receber a bolada dos fundos.

Um dos motivos, segundo a Previc, foram as altas despesas com palestrantes. Em 2011 e 2012, elas somaram R$ 11,9 milhões.

Guedes girava o país na época a palestrar em conferências promovidas pela HSM.

O fundo de investimentos manteve participação nas empresas até março de 2013, quando trocou as ações por fatia na Gaec Educação. Nessa operação, segundo a Previc, foi pago ágio de 1.118% pelas ações.

O órgão conclui que "o resultado líquido do investimento do FIP foi negativo em R$ 16 milhões [no projeto da HSM]".

Em nota divulgada em outubro por seus advogados, o futuro ministro se disse perplexo com a investigação aberta pela Procuradoria da República em Brasília ainda na época da campanha e a acusou de motivação eleitoral.

"Cumpre esclarecer que o FIP BR Educacional não trouxe qualquer prejuízo aos fundos de pensão. Ao contrário. Ele apresentou retorno substancialmente acima do objetivo estabelecido no regulamento firmado entre os cotistas", sustentou a nota, assinada pelos advogados Ticiano Figueiredo e Pedro Ivo Velloso. Com informações da Folhapress.

ESPORTE EM PETROLÂNDIA-PE: 1º Torneio 'InterIgrejas' 2018, (01.12) Realização: Igreja Batista Missionária




A partir das 17h30min
GINÁSIO MUNICIPAL DE ESPORTES 
ENTRADA 1 kg de Alimento não perecível 

Organização: Celular Shekinah (IBM)




TABELA



Petrolândia-PE: Parabéns Maria Eduarda F. Antas de Queiroz, A sua família te homenageia



Feliz aniversário Maria Eduarda! 
Que Deus em Sua infinita bondade te guie sempre pelo caminho do bem;
Que você conquiste tudo o que te faça feliz;
Parabéns por mais um ano de vida, 
Você merece as bençãos de Deus
VOCÊ é especial para Ele e pra todos nós.

Te amamos muito! 

Xero de toda sua família

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Cinco Dias sem água no Bairro Nova Esperança em Petrolândia-PE: A taxa mínima que os moradores irão pagar será a mesma



A muitos anos Petrolândia, no sertão de Pernambuco, sofre com problemas no abastecimento de água potável. A empresa responsável por este tipo de serviço, é a Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento).  

E este ano a população vem sofrendo inúmeras vezes com a falta de água na cidade, com muitos vazamentos, pois não existe manutenção do sistema, pela a empresa responsável, na verdade é feito um paliativo, "conserta aqui, quebra ali", e passamos dias sem água.

Vídeo: Alexandre Sertão (manhã do dia 29.11)


No dia 26.11, faltou água em toda cidade, e a Compesa emitiu uma nota, click e veja AQUI. Informando que a razão, foi uma queda de energia na estação de captação de água, e também uma quantidade muito grande de água, que acabara inundando todas as bombas. Mas isso aconteceu dia 26.11. E Porquê desde do dia 25.11 não tinha água em várias quadras da cidade.

Inclusive no Bairro Nova Esperança, desde do Domingo (25.11) estamos sem água. Eu sou morador do Bairro, e para ter água em minha casa tive que comprar uma carrada de água (PIPA), como vocês podem comprovar nas imagens. E fiz um vídeo pela manhã desta quinta (29.11) e outro pela tarde para comprovar que continuamos sem água.

Entramos em contato novamente com o escritório local, e obtivemos a resposta, que hoje, dia 29.11, iria chegar uma nova bomba, para substituir a que queimou. "E que fariam o possível, para o abastecimento se normalizar o mais breve possível".

Sabemos que os funcionários não tem culpa. Mas é preciso mais. Temos hoje em Petrolândia, uma população a cima de 35 mil habitantes, e estamos a mercê de uma empresa. Que faz o que? O que pode? "E na verdade, falta fazer o que deve ser feito". Investir em estrutura, e profissionais. Fazer manutenção em todo o sistema. E fazer valer o que pagamos, para obtermos o que é justo: "A água em nossas torneiras". 


Vídeo 2: Alexandre Sertão (tarde do dia 29.11)



Um detalhe: Estamos sem água a cinco dias, mas a taxa a pagar, será a mesma, que é a mínima de R$ 41,30.









Redação Blog Sertão News Petrolândia
Foto/Vídeo: Alexandre Sertão 



MIX POINT


CENTRO DE PETROLÂNDIA-PE

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Patrulheiros da Guarda Municipal de Petrolândia-PE, encontraram um senhor que estava desaparecido desde da manhã de terça-feira (27.11)

Foto: Alexandre Sertão


Foto: Patrulha da GM
A guarda municipal de Petrolândia-PE, no Sertão de Itaparica, através da patrulha, informou a nossa redação, que na noite desta terça-feira (27.11), por volta das 19h, próximo a guarita do aterro sanitário (lixão) encontrava-se um senhor, que se identificou como José Manoel Soto. Estava de short, camisa, sandália, e com um lençol, o mesmo, demostrava está desorientado, pois em alguns momentos, dizia coisas sem lógica.

Os Patrulheiros, junto com o GM do setor, começaram a entrar em contato com algumas pessoas, na esperança que alguém poderia conhecê-lo. O mesmo permitiu que fosse tirado uma foto, para facilitar a identificação. E assim, os GMs, tiveram exito. 

De fato, o senhor era Manoel José Soto, que estava desaparecido desde da manhã, de terça-feira (27.11), e que a ultima vez que fora visto, tivera sido, na rodoviário do município. 

Os Patrulheiros Frank Lande e Cleonaldo, deixaram o senhor com o GM Ednaldo Cavalcante, responsável naquele plantão pelo setor, e foram em busca da família, e assim, tudo foi resolvido.

COMENTÁRIO  

Mas uma importante ação da guarda municipal, que se somam a tantas outros! Algumas publicadas; outras no anonimato. Mas que todas de extrema importância para um bom andamento do município, e para a segurança da população, que de fato, é o bem maior.   

DETALHES DO DESAPARECIMENTO: 

Veja a baixo uma pequena Nota que uma sobrinha do senhor tinha publicado nas redes sociais. 

"Pessoal Boa tarde, este senhor é  meu tio, ele mora aqui  em Petrolândia, foi visto pela última vez, hoje às  5 horas da amanhã na rodoviária, Por favor quem o encontrou ou encontrar, entrar em contato."

Agradecimento da sobrinha em um grupo. Agradecendo a todos e a guarda municipal. Informando que o seu tio já estava em casa.

Via Whatsapp

Por redação do Blog Sertão News Petrolândia
Informações/foto: GM patrulheiro Frank Landy





terça-feira, 27 de novembro de 2018

Homem é preso em Petrolândia-PE por ser acusado de tentativa de homicídio, no mercado público do município


A prisão foi realizada por polícias da 4ª CIPM (Petrolândia-PE)

Roberto Almeida Dantas da Silva

Roberto Almeida Dantas da Silva é acusado de ser o autor da tentativa de homicídio contra a vida de Carlos Alberto Rodrigues (26 anos), ocorrida nesta segunda-feira (26.11) por volta das 14h30min, no interior do Mercado Público de Petrolândia-PE. 

Durante a discussão, o acusado desferiu vários golpes com um pedaço (gargalo) de uma garrafa, que atingiu a região do abdômen da vítima, a mesma, foi socorrida pelo corpo de bombeiros, e levada para o PS do hospital municipal e depois encaminhada ao Hospital Regional de Caruaru-PE. 

Após o ocorrido, Roberto evadiu-se do local. A polícia foi acionada, e saíram em diligências em buscar de encontra-lo, mas não tiveram exito. Somente a noite, por volta das 19h, o acusado foi capturado, dentro do mercado público, por polícias da 4ª CIPM (Petrolândia-PE), o mesmo foi conduzido a DP local, para serem tomadas as medidas cabíveis.

Por Redação do Blog Sertão News Petrolândia
Informações/Fotos: Via Whatsapp

Notícia Relacionada





A InSight vai estudar o interior do Planeta Vermelho durante dois anos.

Por Notícias ao Minuto

© DR

A sonda InSight, enviada pela Nasa, já está em Marte. Pouco depois de ter aterrissado com sucesso no planeta vermelho, a InSight presenteou-nos com a sua primeira imagem local, que a Nasa partilhou na rede social Twitter.
“Quem me dera que você estivesse aqui! A NASA InSight enviou a sua primeira foto depois de aterrissar em Marte”, escreveu a agência espacial.
A imagem mostra a planície Elisyum. Também se vêem vários pontos escuros que, de acordo com as declarações de Rob Manning, serão provavelmente partículas de poeira que a sonda captou durante a sua descida para o Planeta Vermelho. As futuras imagens serão mais claras depois da poeira ser removida da câmera.

A sonda InSight vai estudar o interior de Marte durante os próximos dois anos.