PONTO DO BEM

PONTO DO BEM
PETROLÂNDIA-PE

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Jornalista pede demissão ao vivo após ser 'censurado' por Bolsonaro

O jornalista questionou o apresentador do programa: "Nós poderíamos dizer que o candidato nos censurou?”

Por Notícias ao Minuto 

© Reprodução

O jornalista, historiador e professor da PUC-RS Juremir Machado da Silva pediu demissão ao vivo ao final de uma entrevista com o candidato a presidência Jair Bolsonaro (PSL) na Rádio Guaíba de Porto Alegre. Por exigência de Bolsonaro a entrevista foi conduzida apenas pelo apresentador do programa, Rogério Mendelski e os demais integrante do 'Bom Dia' não tiveram o direito de dirigir perguntas ao candidato.

Juremir e outros dois jornalistas, Jurandir Soares e Voltaire Porto acompanharam a entrevista sem poder fazer nenhum questionamento ao presidenciável. Segundo Mendelski, Bolsonaro não soube da presença de outros jornalistas no estúdio durante a entrevista. Embora logo depois, ele tenha admitido que este foi um pedido feito por Bolsonaro. “O silêncio de vocês foi uma condição do candidato”, afirmou o apresentador do programa.

Logo após a entrevista Juremir questionou Mendelski. "Nós poderíamos dizer que o candidato nos censurou?”.

“Ele disse que falaria somente comigo. Não tem censura”, respondeu o apresentador do programa, após o comentário de Juremir.

"Eu achei humilhante e, por isso, estou saindo do programa. Foi um prazer trabalhar aqui por 10 anos”, afirmou Juremir, que, logo após, deixou o estúdio.


Bolsonaro e Haddad divergem sobre Mais Médicos e SUS veja propostas

Único ponto em comum no plano de governo de ambos sobre a Saúde é a adoção de um prontuário eletrônico

Por Notícias ao Minuto

© Reuters Photographer

Apesar de figurar como um dos problemas mais citados por brasileiros em pesquisas recentes feitas pelo Ibope e Instituto Datafolha, a saúde parece ter perdido espaço nas entrevistas e discursos dos presidenciáveis. 

Em seu plano de governo, Jair Bolsonaro (PSL) afirma que o Sistema Único de Saúde (SUS) não precisa de mais recursos e propõe mudanças no Programa Mais Médicos. Já Fernando Haddad (PT) defende maior financiamento público da saúde e o reforço do Mais Médicos. O único ponto em comum na plataforma de ambos é a adoção de um prontuário eletrônico que permita reunir o histórico do paciente, incluindo consultas realizadas, medicamentos prescritos e resultados de exames.

O candidato diz que, se eleito, a saúde será uma das três áreas consideradas prioritárias, acompanhada de educação e segurança. Bolsonaro avalia a situação atual do setor como “à beira do colapso” e diz que as ações planejadas terão como foco “eficiência, gestão e respeito com a vida das pessoas”. A bandeira defendida pelo partido é a de que é possível fazer mais com os recursos atualmente disponíveis.

“Abandonando qualquer questão ideológica, chega-se facilmente à conclusão de que a população brasileira deveria ter um atendimento melhor, tendo em vista o montante de recursos destinados à saúde”, destaca o plnao de governo do candidato, disponível no Tirbunal Superior Eleitoral (TSE). “Mesmo quando observamos apenas os gastos do setor público, os números ainda seriam compatíveis com um nível de bem-estar muito superior ao que vemos na rede pública.”

O chamado Prontuário Eletrônico Nacional Interligado, de acordo com o plano de governo, será o pilar da saúde. A proposta é que postos, ambulatórios e hospitais sejam informatizados com todos os dados de atendimento e que registrem o grau de satisfação do paciente ou responsável. O cadastro do paciente, segundo Bolsonaro, reduz os custos ao facilitar o atendimento futuro por outros médicos em diferentes unidades de saúde, além de permitir cobrar maior desempenho dos gestores locais.

O candidato também propõe o credenciamento universal de médicos que, segundo ele, abriria caminho para que toda força de trabalho da saúde possa ser utilizada pelo SUS, “garantindo acesso e evitando a judicialização”. A estratégia permitiria às pessoas maior poder de escolha, compartilhando esforços da área pública com o setor privado. “Todo médico brasileiro poderá atender a qualquer plano de saúde”, cita o documento.

Em relação ao Mais Médicos, o plano de governo prevê que “nossos irmãos cubanos serão libertados” e que suas famílias poderiam imigrar para o Brasil desde que os profissionais sejam aprovados no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida). Os médicos cubanos, segundo o candidato, passariam a receber integralmente o valor pago pelo governo brasileiro e que, atualmente, é redirecionado, via convênio com a Organização Pan-americana da Saúde (Opas), para o governo de Cuba.

Bolsonaro se compromete a criar o que chama de carreira de médico de Estado, no intuito de atender áreas remotas e com carência de profissionais – demanda antiga da classe médica e defendida fortemente por entidades como o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Médica Brasileira (AMB). Agentes comunitários de saúde, de acordo com o plano de governo, seriam treinados para se tornarem técnicos de saúde preventiva numa tentativa de auxiliar o controle de doenças como diabetes e hipertensão.

Há ainda a previsão de estabelecer, em programas neonatais, a visita de gestantes ao dentista, como alternativa para a redução de partos prematuros; e a inclusão de profissionais de educação física no programa Saúde da Família no intuito de ativar as academias ao ar livre como forma de combater o sedentarismo e a obesidade.


____________



segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Em vídeo, filho de Bolsonaro diz que 'basta um soldado e um cabo para fechar o STF'

Por O Globo
21.10.2018

RIO — Um vídeo em que o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável Jair Bolsonaro, diz que “para fechar” o Supremo Tribunal Federal (STF) bastam “um cabo e um soldado” foi recebido com críticas de representantes do Judiciário, como a ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).


Em vídeo, filho de Bolsonaro diz que 'basta um soldado e um cabo para fechar o STF' Foto: Reprodução

Após a repercussão negativa, o próprio parlamentar pediu desculpas pelas frases ditas no dia 9 de julho, em um curso em Cascavel (PR) para interessados em prestar concursos públicos.

No vídeo, Eduardo Bolsonaro é perguntado por um aluno sobre uma eventual ação do STF para impedir a posse de seu pai, caso fosse eleito em primeiro turno, e qual seria a atitude do Exército neste cenário hipotético.

—Aí já está encaminhando para um estado de exceção. O STF vai ter que pagar para ver. E aí, quando ele pagar para ver, vai ser ele contra nós disse o parlamentar, para depois insinuar que os militares não teriam dificuldade em fechar o STF. — Será que eles vão ter essa força mesmo? O pessoal até brinca lá: se quiser fechar o STF, você sabe o que faz? Você não manda nem um jipe. Manda um soldado e um cabo — completou.

Há ainda trechos do vídeo em que Eduardo Bolsonaro ironiza o apoio da população ao STF.

—Se você prender um ministro do STF, você acha que vai ter uma manifestação popular em favor dos ministros do STF? Milhões na rua: “Solta o Gilmar, solta o Gilmar” (referência ao ministro do STF Gilmar Mendes).

Rosa Weber se posiciona

Ao ser questionada sobre as posições de Eduardo Bolsonaro, Rosa Weber reagiu, dizendo que nenhum juiz irá se abalar com as manifestações.
— Embora não sendo presidente do STF, e sim do TSE, no Brasil as instituições estão funcionando normalmente. Juiz algum no Brasil se deixa abalar por qualquer manifestação que possa ser compreendida como inadequada — disse.
O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, criticou a declaração:
— Tempos estranhos, vamos ver onde é que vamos parar. É ruim quando não se tem respeito pelas instituições pátrias, isso é muito ruim — disse, ao jornal “O Estado de S. Paulo”.
Após a declaração de Rosa, Eduardo Bolsonaro veio a público tratar do tema . Em uma postagem no Twitter, o parlamentar publicou um texto argumentando que respondia a uma “hipótese esdrúxula”, e que apenas citou “uma brincadeira” que diz ter ouvido de “alguém na rua”.

O deputado escreveu ainda que “se fui infeliz ou atingi alguém, tranquilamente peço desculpas e digo que não era minha intenção. (...) Se alguém defender que o STF precisa ser fechado, de fato essa pessoa precisa de um psiquiatra. Eu jamais falei isso”, publicou.

O QUE DISSE JAIR BOLSONARO 

Ao ser abordado por jornalistas na chegada para gravação de programas do horário eleitoral, Jair Bolsonaro disse desconhecer o vídeo e que as falas do filho haviam sido tiradas de contexto.
— Isso não existe. Se alguém falou em fechar o STF, precisa consultar um psiquiatra. Desconheço. Duvido. Alguém tirou de contexto — disse.
Entidades de classe também se manifestaram sobre as falas de Eduardo Bolsonaro. A presidente em exercício da Associação dos Magistrados Brasileiros, Renata Gil, afirmou que o Poder Judiciário não se curvará a ataques:
— O Brasil vive a plenitude de sua democracia. Nossas instituições são fortes e consolidadas. O Poder Judiciário é independente, e os magistrados brasileiros não se curvam a ataques de qualquer natureza ou a pressões externas — declarou Renata Gil.
Haddad e FH criticam

O presidente da OAB, Cláudio Lamachia, afirmou, em nota, que o STF é uma instituição essencial para garantir a estabilidade do país. “O mais importante tribunal do país tem usado a Constituição como guia para enfrentar os difíceis problemas que lhe são colocados, da forma como deve ser. É obrigação do Estado defender o STF”.

Fernando Haddad, candidato do PT ao Planalto, referiu-se a Bolsonaro e sua família como “um grupo de milicianos”.
— Esse pessoal é uma milícia. Não é um candidato a presidente, é um chefe de milícia. Os filhos são milicianos, são capangas. É gente de quinta categoria criticou o petista.
Além de Haddad, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, condenou as declarações e disse que “cruzaram a linha, cheiram a fascismo”.

Em seu perfil no Twitter, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que as declarações de Eduardo Bolsonaro “merecem repúdio dos democratas”. “(Eduardo Bolsonaro) Prega a ação direta, ameaça o STF. Não apoio chicanas contra os vencedores, mas estas cruzaram a linha, cheiram a fascismo. Têm meu repúdio, como quaisquer outras, de qualquer partido, contra as leis, a Constituição”, escreveu .

Procurado, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, não quis comentar a fala de Eduardo Bolsonaro. A PGR também não se pronunciou.


_______________


sexta-feira, 19 de outubro de 2018

'CAIXA DOIS DIGITAL' DO BOLSONARO: Uso de CAIXA 2 pode está beneficiando a campanha de Bolsonaro, com uso de críticas ao PT

Foi noticiado nesta quinta-feira (18.10), pela Folha de São Paulo, que ao menos 4 empresas pagaram para disparar mensagens em massa no WhatsApp de apoio a Jair Bolsonaro (PSL) e críticas ao PT.

Fonte: EXAME
Por João Pedro Caleiro

Candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro (Ricardo Moraes/Reuters)


O que salta aos olhos é a escala da intervenção: De acordo com o jornal, os pacotes chegavam ao valor individual de 12 milhões de reais para enviar centenas de milhões de mensagens.

A título de comparação, Bolsonaro declarou oficialmente um gasto de R$ 1,2 milhão ao TSE na campanha inteira do primeiro turno. O teto era de R$ 70 milhões por candidato na primeira rodada.

Advogados ouvidos por EXAME apontam que se confirmados os principais elementos da reportagem, houve prática de várias irregularidades eleitorais e margem para configuração do chamado “abuso do poder” econômico.

Esta regra independe do candidato em si ter conhecimento prévio e considera tanto a gravidade dos atos quanto suas consequências de benefício a uma candidatura específica.

PUNIÇÃO

No limite, a punição é a cassação da chapa, se ainda estiver em curso, ou do mandato, se já tiver vencido. A decisão é do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

“São ilegalidades que se confirmadas, são bastante graves”, diz Fernando Neisser, coordenador da Abradep (Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político).

O PDT já prepara uma ação para pedir à Justiça Eleitoral a nulidade das eleições deste ano após as denúncias, afirmou nesta quinta-feira o presidente nacional do partido, Carlos Lupi.

Para Neisser, rastros podem ser encontrados na busca e apreensão dos computadores das empresas envolvidas ou na quebra de sigilo bancário, por exemplo.

Vende-se esta CHÁCARA

Doações de empresas

Uma das questões sobre as revelações de hoje envolve os limites de atuação política das empresas. Nos Estados Unidos, por exemplo, existem os comitês de ação política: PACs, na sigla em inglês.

Eles podem ser organizados pela sociedade para influenciar nas eleições e não têm limite de gastos, mas não podem coordenar com as campanhas. Aqui não existe uma figura equivalente.

Em 2015, o Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu que pessoas jurídicas doassem a campanhas, candidatos ou partidos. Advogados divergem sobre até que ponto a lei permite a atuação das empresas em outras frentes.

“A legislação acabou pecando por não dar contornos mais precisos e ficou essa brecha, até porque esta limitação atenta contra a liberdade de imprensa e autonomia que uma pessoa jurídica ou física tem para expor suas ideias”, diz Cristiano Vilela, membro da comissão de Direito Eleitoral da OAB-SP.

Para Diogo Rais, professor de direito eleitoral no Mackenzie, não se pode supor que o discurso nesta área seja regido pelos mesmos princípios do que nas outras:

“Na questão eleitoral não estamos na amplitude da liberdade individual. Há um conjunto de punições e vedações e um ambiente fortemente regulado para garantir a igualdade entre os candidatos”.

Para pessoa física, a doação é permitida com um teto de 10% do rendimento bruto da pessoa no ano anterior. Doações acima de R$ 1.064 só podem ser feitas via transferência bancária e está vedada a doação via contratação de serviços de terceiros, além do gasto precisar ser devidamente registrado tanto pela campanha quanto pelo doador.

O advogado Guilherme Salles Gonçalves, especialista em Direito Eleitoral e membro fundador da Abradep, definiu o caso para a Reuters como de “caixa 2 duplamente qualificado”, pois não registrado e de fonte vedada.

Impulsionamento e bancos de dados

Se comprovada, a ação dos empresários ainda estaria infringindo outra norma: a de que o impulsionamento de propagandas em mídias sociais só pode ser feito pelo candidato ou pela campanha, e deve ser identificados como tal.

“As regras não se limitam aos candidatos, e sim ao conteúdo eleitoral. Eu mesmo, como cidadão, não posso impulsionar um conteúdo eleitoral”, diz Diogo.

Outra questão é o banco de dados utilizados. De acordo com a reportagem da Folha, a lista de telefones que receberam conteúdos nestes disparos viria de duas fontes.

Uma foi o banco de dados do próprio candidato, o que configuraria coordenação com a campanha, e outro foi o banco de dados de agências comerciais, que por lei não pode ser usado para fins eleitorais.



_________________


MAIS UM HOMICÍDIO EM PETROLÂNDIA-PE: Um Corpo com perfurações de arma de fogo foi encontrado no Povoado Mundo Novo, na Zona Rural do município

Policiais Civis da Delegacia de Polícia Civil de Petrolândia tomaram conhecimento na manhã dessa quinta-feira (18.10) da existência de um cadáver com perfurações de arma de fogo, achado no povoado Mundo Novo, área rural de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco.




Ao se deslocarem ao local, constataram que a vítima, posteriormente identificada como Rafael da Silva Duarte, de 26 anos de idade, natural de Petrolândia-PE, estava morta já há alguns dias. 

O corpo foi encontrado há cerca de 50 metros de onde anteriormente, no dia 16 do corrente mês, também foi achado outro cadáver, com perfurações de arma de fogo. Os indícios apontam que as vítimas tenham sido executadas na mesma data e hora e pelos mesmos motivos. O corpo foi encaminhado ao IML de Petrolina. 

As investigações ambos os crimes já foram iniciadas a cargo da Delegacia de Polícia Civil de Petrolândia-PE.



_______________




Vox Populi: Haddad cresce e chega a 46% dos votos válidos; Bolsonaro tem 54%

No total de votos, contando brancos, nulos e indecisos, Haddad tem 37% contra 43% do capitão da reserva. Segundo a pesquisa, 12% declararam que votarão em branco ou nulo e 8% ainda estão indecisos.

Por FORUM


Pesquisa Vox Populi divulgada nesta sexta-feira (19.10) mostra um crescimento da candidatura de Fernando Haddad (PT) na reta final do segundo turno das eleições presidenciais. O petista aparece com 46% dos votos válidos, enquanto o oponente, Jair Bolsonaro (PSL) tem 54%, na pesquisa espontânea. Na pesquisa estimulada, quando são mostrados os nomes dos candidatos, o petista tem 47% dos votos válidos, contra 53% do militar.

No total, contando votos brancos, nulos e indecisos, Haddad tem 37% contra 43% do capitão da reserva. Segundo a pesquisa, 12% declararam que votarão em branco ou nulo e 8% ainda estão indecisos.

Por região

Na pesquisa espontânea por regiões, Haddad marca 55% da preferência do eleitorado nordestino, contra 27% de Bolsonaro. O capitão da reserva fica à frente nas demais regiões. No Sudeste, marca 49%, contra 28% do petista, no Sul, 53% a 33%, e no Centro Oeste/Norte, 45% a 34%.

Mudança de voto

Segundo o Vox Populi, entre os eleitores que definiram seu voto, 8% ainda podem mudar de ideia e outros 3% dizem que não há nada decidido e “podem mudar de ideia até amanhã”89% dizem que não pretendem mudar de ideia.

Rejeição

Em relação à rejeição, os dois candidatos estão empatados tecnicamente. De acordo com a pesquisa, Haddad é rejeito por 41% dos eleitores ouvidos, enquanto Bolsonaro tem índice de rejeição de 38%.

A pesquisa ouviu 2 mil eleitores entre os dias 16 e 17 de outubro em 120 municípios de todos os estados e o Distrito Federal. A margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.


quarta-feira, 17 de outubro de 2018

PETROLÂNDIA -PE: Homem é morto com tiro na cabeça, o crime ocorreu na área rural do município

Mais um homicídio, lamentavelmente é registrado em Petrolândia, no Sertão de Itaparica, desta vez na área rural do município.

Por Redação do Blog Petrolândia Notícias
Informações de populares | Foto: WhatsApp


Foi na noite desta terça-feira (16.10) que populares ouviram disparos de arma de fogo, no povoado Mundo Novo, na área rural de Petrolândia, Sertão de Pernambuco.


O HOMICÍDIO 


A constatação do crime ocorreu logo em seguida, após curiosos se aproximarem da cena do crime, em que estava estirado no chão um corpo masculino já sem vida, identificado pelo nome de Ywri Douglas Silva Santos, vulgo Piu-Piu, natural da cidade de Floresta-PE, de idade ainda não informada.

CENA DO CRIME

No local do crime foi encontrado um cartucho deflagrado cal. 12. Após o crime a Polícia Civil e Militar foram acionadas, e após cumprir excursões na área foi encontrada uma motocicleta azul, placa MUK-0422 (Coruripe-AL), com manchas de sangue, aparentemente usada pela vítima no momento do crime.

INFORMAÇÕES RELACIONADAS 

Segundo informações de populares, antes da vítima ser executada por homens que estavam em um veículo vermelho, testemunhas informaram, que ouviram os homens o chamarem de ladrão ao cometerem o homicídio. No interior dos bolsos da vítima foram encontrados um RG sem foto, seu CPF, uma quantia de um pouco mais de trezentos reais, além de uma porção pequena de maconha.

Ainda segundo informações a vítima tem passagem de prisão. Guarnições da 4ª CIPM continuam em diligências, afim de prenderem os criminosos. A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia Civil, sob a coordenação do Delegado Roberto Fonseca, investiga o caso.


___________





terça-feira, 16 de outubro de 2018

HOMICÍDIO EM PETROLÂNDIA-PE: Mototaxi é assassinado a tiros, no Bairro Novo Horizonte


Em 15 dias, dois homicídios foram registrados em Petrolândia-PE, no sertão do estado, o primeiro por arma branca, e o segundo, por arma de fogo.

VAMOS RELEMBRAR 

No dia 30.09, um homem foi assassinado nas proximidades do Parque de Vaquejada João Pernambuco, em um crime passional, o mesmo foi por arma branca (peixeira). O autor foi capturado por policiais da 4ª CIPM (Petrolândia), momentos após o crime, o qual, confessou a autoria do mesmo. Veja detalhes clicando AQUI.  

E  15 dias depois,  na noite desta segunda-feira, 15.10, foi registrado mais um homicídio no município, desta feita, por arma de fogo. Vamos ao caso.

HOMICÍDIO EM 15.10.2018

Foto: Blog PN Notícias
Na noite desta segunda-feira (15.10), segundo informações do Blog Petrolândia Notícias, por volta das 18h30min, foi registrado mais um homicídio em Petrolândia, no sertão de Pernambuco. O crime ocorreu  no BNH (Bairro Novo Horizonte). A vítima foi o mototaxi, identificado por: “Rogério Sílvio do Nascimento Nunes Picanco”, de 47 anos, e foi alvejado por tiros, na região da cabeça, e morreu no local.

Ainda segundo o Blog PN, dois homens aproximaram-se da vítima em uma motocicleta, e um deles efetuou os disparos contra o mototaxi, e em seguida, evadiram-se do local, seguindo destino ignorado. 

Foto: Via Whatsapp
Policiais da 4ª CIPM, (Companhia Independente de Polícia Militar), Petrolândia, foram acionados, para o local do crime, para serem tomadas as providências cabíveis. A polícia civil está investigando o ocorrido.

Até o fechamento da matéria, não se sabe o que motivou o crime, qual(is) o(s) autor(es), e ninguém foi preso até o momento. 

Redação Blog Sertão News Petrolândia
Baseado na redação do Blog Petrolândia Notícias
Foto: Blog PN, e via whatsapp



___________________________



domingo, 14 de outubro de 2018

Jovem de 23 anos morre afogado em Jatobá, PE

Foi no início da noite deste sábado (13.10) que informações deram conta da morte por afogamento do jovem Marcos Vinicius, 23 anos, morador da Aldeia Saco dos Barros, na zona rural de Jatobá, PE.

Por Redação|Foto: Rede Social/Marcos Vinicius
Via: Blog Petrolândia Notícias 


Segundo informações apuradas por nossa reportagem, o mesmo estava tomando banho no rio da rampa, lugar bastante conhecido em Jatobá, vindo a se afogar em seguida. O serviço de resgate do Corpo de Bombeiros de Petrolândia, foi acionado e conseguiu com exito, após buscas, encontrar o corpo do jovem.

A Polícia Civil investiga o caso

A reportagem do Blog Petrolândia Notícias, pede desculpas pela primeira publicação sobre o caso, vindo a anunciar anteriormente que o jovem estava pescando, quando o que houve foi um equívoco, por conta, que também tem um outro homem que provavelmente se afogou durante uma pecaria no Distrito Icó Mandantes, na zona rural de Petrolândia.

_____________



sábado, 13 de outubro de 2018

As Crianças da Creche Municipal Criança Feliz, em Petrolândia-PE, receberam presentes do Ponto do Bem, em comemoração ao Dia da Criança


A Associação Ponto do Bem Hildebrando Capistrano, presenteou todas as 'crianças da Creche Municipal Criança Feliz'. Que fica focalizada próximo ao hospital municipal.

O momento de grande alegria, foi realizado na referida creche. e todas as crianças ganharam presentes.

Por Redação Blog Sertão News Petrolândia
Informações/fotos: Mare Capistrano 



Além da presença da presidente e membra fundadora da Associação Ponto do Bem, Mere Capistrano,  esteve presente representando a associação a cima citada, composta por: Gezonilda Capistrano, Rafaela Mathias, Juciane Balbino,  e Socorro Barbosa Silva representantes do ponto do bem.

"É prazeroso pode ver a felicidade das crianças. Os presentes doados  de forma simples, mas com um grande compromisso de fazer as crianças sorrirem, em uma data tão importante, que é o dia das crianças" comentou Mere Capistrano. 






A Associação Ponto do Bem Hildebrando Capistrano de Petrolândia-PE, realizou entrega de presentes no Dia do Idoso

"Eu vi, ouvi, e senti". Deus abençoe nossos Idosos. Graça de Deus na vida deles. "Eu ganhei mais que eles", destacou Mere  (presidente da Associação Ponto do Bem). 


Por Redação/Fotos/Informações: Mere Capistrano
Via: Blog Petrolândia Notícias



Em alusão ao Dia do Idoso, no dia 01 de outubro de 2018, Mere Capistrano, fundadora e coordenadora da 'Associação Ponto do Bem Hildebrando Capistrano' de Petrolândia-PE, promoveu a entrega de presentes aos idosos, de algumas ruas da quadra-02 no município. Os presentes foram doados por colaboradores da Associação.

"Presenteamos alguns idosos da circunvizinhança, e alguns conhecidos. Muitas emoções, lágrimas, agradecimentos, orações e bênçãos". "Eu vi, ouvi, e senti". Deus abençoe nossos Idosos. Graça de Deus na vida deles. "Eu ganhei mais que eles", destacou Mere.














sexta-feira, 12 de outubro de 2018

VENDE-SE UMA CHÁCARA EM PETROLÂNDIA-PE: Casa, Área Irrigada com Plantio Diversificado e Beira de Rio (veja detalhes)

Casa na Área Irrigada

ACESSO DA CHÁCARA

ÁREA RURAL DE PETROLÂNDIA-PE
 Acesso pela BR 110
 Perímetro Irrigado do Projeto Barreiras
Agrovila 01, Bloco 01 (Próximo ao Trevo de Tacaratu-PE)
Da BR 110 até a Chácara (1 km, estrada de chão)

DADOS DA CHÁCARA:

Área total: (Irrigada e Beira de Rio)
11 m e 20 cm de largura X 500 m de comprimento
Área Irrigada: 11 m e 20 cm por 250 metros 

PLANTIO NA ÁREA IRRIGADA


Coqueiro 50 unidades
Bananeira 170 unidades
Mangueira 20 unidades
Laranjeiras 10 unidades
Macaxeira, mamoeiro, limoeiro, acerola, jabuticaba, goiaba, cajueiro e outros.

DIAS DE ÁGUA

Segunda, terça, quinta, sexta e sábado 

IRRIGAÇÃO IMPLANTADA

Aspersor Convencional
Micro Aspersor 

CONTATOS PARA NEGOCIAÇÃO 

(87) 9 9941-8633 - Whatsapp (TIM)
(87) 9 9615-1055- TIM 

VALOR R$ 170 mil



ENTRADA DA CHÁCARA

PARTE DO PLANTIO DE COCO (50 Unidades)

PLANTIO DE BANANEIRA 
(170 unidades com Frutos, pronto para consumo e comercialização)

VISÃO QUE SE TEM DO LAGO DE ITAPARICA, NO ACESSO AO RIO
Igreja do Sagrado Coração de Jesus (Velha Barreiras- Petrolândia Submersa) 







PARTE DO JARDIM




 Jardim


DADOS DA CASA 

Área Coberta: 8X12


quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Criar notícia falsa sobre as urnas eletrônicas é crime, diz Jungmann

Ministro da Segurança defende punição 
para quem produz fake news

Por Agência Brasil

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse hoje (10) que a produção de notícias falsas sobre o sistema de urna eletrônica é crime de falsidade ideológica e deve ser punido. Jungmann quer se encontrar ainda esta semana com a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, para tratar do problema de divulgação de notícias falsas durante o período eleitoral.

Jungmann disse que a produção de notícia falsa para gerar dúvida sobre a urna eletrônica não se confunde com o direito de expressão dos cidadãos. “É preciso compreender que ter dúvida ou ter desconfiança com o sistema, evidentemente, é um direito de expressão de qualquer um, embora não seja muito bom; mas não é crime”, afirmou.

“O que é crime é fazer fake news [notícia falsa, em inglês] para demonstrar falsamente fraudes no sistema, porque aí neste caso é crime de falsidade ideológica. Ter dúvidas faz parte do jogo democrático, agora produzir fake news para ilustrar, digamos assim, ou produzir fraudes contra o sistema, isto é crime, e tem que ser reprimido e punido”, disse Jungmann, após assinar um acordo com o Ministério do Trabalho para aumentar a qualificação dos presos.

No primeiro turno das eleições, realizado no último domingo (7), foram divulgados nas redes sociais vídeos e imagens de supostas fraudes em urnas eletrônicas. Todos foram desmentidos pelo TSE. A segurança da urna eletrônica depois foi elogiada por observadores da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Jungmann disse ainda que deve se reunir na próxima semana com os representantes de todos os estados que compõem o Centro Integrado de Comando e Controle da Polícia Federal para orientar as forças policiais sobre o assunto.

“Nós estamos nos preparando para o segundo turno. Eu vou fazer uma reunião no centro de comando e controle com os 26 estados e todas as polícias para passar orientações de como enfrentar a questão dos fake news e também devo pedir uma audiência à ministra Rosa Weber para que esse esforço também se desenvolva no âmbito de toda a Justiça Eleitoral dos estados”, comentou.

O ministro explicou que a recepção das denúncias tem sido feita pelas polícias, mas que também devem ser encaminhadas para a Justiça Eleitoral, para que decida quais casos devem ser investigados.

Bolsonaro com 58% dos votos válidos, venceria Haddad 42%. Veja a primeira pesquisa do DataFolha (10.10)

A pesquisa foi realiza usando o critério que a Justiça Eleitoral faz no dia da eleição, ou seja, foi feito a contagem exclui brancos, nulos e indecisos.

Foi a primeira pesquisa do Datafolha sobre o segundo turno das eleições presidenciais 2018, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) tem uma grande vantagem sobre o candidato do Fernando Haddad. 

Bolsonaro tem 58% dos votos válidos, e Haddad 42% da intenção de votos.
Na contagem, foi excluídos os votos brancos, nulos e indecisos de igual forma como faz a Justiça Eleitoral no dia da eleição.


No primeiro turno, Bolsonaro teve 46% dos votos válidos e Haddad, 29%.


O Datafolha ouviu 3.235 pessoas em 227 municípios no dia (10.10). A margem de erro do levantamento, a pesquisa foi contratado pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo, é de dois pontos para mais ou para menos.

Brancos e nulos somam, segundo o Datafolha, 8%. Apenas 6% se declaram indecisos.


Texto baseado no site Notícias ao Minuto  


quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Prefeitura de Petrolândia-PE, faz uma homenagem aos Guardas Municipais, em alusão ao seu dia, hoje 10.10



A Prefeitura Municipal de Petrolândia-PE, no Sertão do estado, através da Secretaria Municipal de Segurança Cidadão, fez uma homenagem a guarda municipal do município, em alusão ao Dia Nacional da Guarda Municipal. 


Prefeita Jane Souza (Centro Cultural) Foto: Alex Sandro (Blog Made in Notícias)



Os GMS foram convidados para o hasteamento da bandeira, em frente a Prefeitura. No ensejo, acompanhado da secretária municipal Luana Santos, e o comando da guarda, foi cantado o Hino Nacional Brasileiro, e o Hino do Município. 

Após o hasteamento, foi servido um café da manhã no Centro Cultural Hildebrando Menezes, no qual a Prefeita Jane Souza esteve presente. E fez uso da fala. 

A prefeita "Mencionou a importância do papel da guarda municipal dentro do município, que traz mais segurança para a população; e que se deve buscar alternativas para melhor equipar a guarda, embora o momento é de grande dificuldade financeira, e que deve-se ter um pouco mais de paciência, para se chegar ao que fato a guarda merece, para melhor atuar.   

Luana Santos também fez o uso da fala, e parabenizou cada GM, lendo um salmo, que tinha como base, 'Que Deus, o Rei de Israel jamais dorme, e sempre cuida de todos". 

E logo após as falas, foi servido o café. 


Secretária Municipal Luana Santos

Comando da Guarda Municipal - Esquerda para a direita: GM Marcelo Fárias (subinspetor), GM Verônica (Subinspetora) GM José Soares (Comandante) GM Alexandre Monteiro (Subcomandante) , Foto: Allex Sandro